Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Wanderlino Arruda
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Luiz Ortiga
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Ruth Tupinambá Graça
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

10/9/2014 -"...teve até o desfile de um mendigo novo, supostamente drogado, que andou pelo centro, o quarteirão fechado da rua Simeão Ribeiro, completamente nu, exibindo-se". A crescente degradação da Praça da Matriz e vizinhança pede:

»1 - Policiamento mais rigoroso
»2 - Redefinição do uso da praça que é o marco zero da cidade
»3 - Outra reforma física
»4 - Maior empenho das autoridades no cumprimento das leis
»5 - Uma recuperação em todos os sentidos

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 



Jornalismo exercido pela própria população



Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar.
(Seja objetivo e escreva no menor espaço possível. Se preferir, coloque seu e-mail; se desejar, coloque também endereço e telefone. As mensagens - preferencialmente de inspiração noticiosa - serão publicadas a critério da redação. Textos que ferem as leis serão sumariamente descartados, assim como mensagens agressivas ou que pretendam apenas criar polêmica e discussão estéril.Pede-se, com empenho, que as mensagens não sejam redigidas em letra de caixa-alta (letras maiúsculas), que em linguagem de internet equivalem a falar gritando. As mensagens aqui postadas não representam a opinião do montesclaros.com; a responsabilidade pertence ao autor da mensagem).



Ir para mensagem N°:
Por data:

Mensagem N° 38742
De: carlos Data: Ter 16/9/2008 22:36:22
Cidade: montes claros  País: brasil
sr: diretor do max min .
por favor nao fassa isso com nosas aguas que sao poucas e vcs que tem uma grande graça de deus que e ter uma lagoa como essa tedro das suas dependencia cuide dela , para min vc ou seja nossos filhos e netos
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38738
De: Geraldo Gonçalves Data: Ter 16/9/2008 20:08:22
Cidade: Montes Claros
E-mail: ggoncalves@samba.net.br
Para Haroldo Lívio - Mensagem 38560.
Parabéns pela mensagem versando sobre o Catálogo Telefônico 2008, da cidade de Grão Mogol, eleborado pelo Jubal Froes. Tive o privilégio de residir por mais de três anos naquela enigmática cidade e usufruí bastante daquele interessante e criativo facilitador! Conheci pessoalmente o autor, pessoa de invejável inteligência, e lamentei saber do seu passamento através das entre-linhas de seu escrito.
Louvável a sua atitude de reconhecer e divulgar a existência de um trabalho tão simples, mas de tamanha utilidade para Grão Mogol e região.Abraços.
Geraldo.
P.S. Guardo comigo um exemplar como lembrança.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38737
De: Alves Data: Ter 16/9/2008 19:33:20
Cidade: Montes Claros
O Prêmio Nobel de Literatura, josé Saramago, acaba de lançar-se no que chamou de "mar infinito da internet". Passou a publicar um blog.
O que pôs ele, na internet, em primeiro lugar? Republicou artigo chamado - Palavras para uma cidade. Que termina assim, e serve muito para nós, nesta hora, dolorosa, em que Montes Claros não quer ser...Montes Claros, mas algo inconsistente cujo possível nome não podemos saber qual seja. Onde, neste texto, estiver a palavra Lisboa, substituam-na por M. Claros, e terão um canto de amor.

"Em nome da modernização levantam-se muros de betão sobre as pedras antigas, transtornam-se os perfis das colinas, alteram-se os panoramas, modificam-se os ângulos de visão. Mas o espírito de Lisboa sobrevive, e é o espírito que faz eternas as cidades. Arrebatado por aquele louco amor e aquele divino entusiasmo que moram nos poetas, Camões escreveu um dia, falando de Lisboa: “…cidade que facilmente das outras é princesa”. Perdoemos-lhe o exagero. Basta que Lisboa seja simplesmente o que deve ser: culta, moderna, limpa, organizada – sem perder nada da sua alma. E se todas estas bondades acabarem por fazer dela uma rainha, pois que o seja. Na república que nós somos serão sempre bem-vindas rainhas assim."

(Montes Claros, "a que ocupa as regiões mais altas do espírito", resista; não se deixe matar.)

E já que é para ter saudades, leia o que por sua vez, muito antes, o poeta CDA escreveu para Belo Horizonte. Comparem.
É apenas a primeira parte.
Saio, para ver se acho a seguinte.
Um dia a trarei.

“Amava em ti a graça das conciliações; eras frugal e fantasista, burocrata e boêmia; tua igreja metodista, pequenininha, enfrentava sem prosápia a lauta matriz de São José; o caminho era um só, escolhia-se a porta que agradasse. E a Praça da Liberdade, com seu Itacolomi de cimento para matar saudades de ouro-pretanos, era metade do Governo, metade dos namorados, em conspiração com as rosas.

Belo Horizonte subitamente trágica na matança dos guardas-civis e no crime do Parque; cidade de mulheres que viravam homem, de homens que viravam mulher; de fenômenos que vinham pelo telégrafo divertir a malícia do carioca, tecidos pela malícia maior do mineiro.

O melhor ponto para completar-te será o terraço de um desses edifícios da Avenida Afonso Pena? A Praça do Cruzeiro, o alto da Serra do Curral? Prefiro o arco modesto do viaduto, miradouro da memória, de cujo cimo tentei às vezes restaurar o romantismo, para consumo próprio e desprazer da polícia.

Costumava haver desencontro entre nossa juventude e nossa cidade. Culpamos as ruas pelo que nos acontece interiormente. Clamei contra ti, Belo Horizonte, em instantes de fúria triste. Destruí tuas placas, queimei tuas casas, teus bondes; ao despertar dessa angústia, vi que o amor escolhe caminhos difíceis para chegar a seu destino. Davas-me lições de paz, que eu interpretava como picadas de tédio.”
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38729
De: Graça Data: Ter 16/9/2008 16:49:53
Cidade: M.Claros
Aguardamos já há dias o pronunciamento da Secretaria do Meio-Ambiente sobre o aterramento de uma lagoa em Montes Claros, no terreno do Max Min, mas por máquinas e equipamentos pagos com dinheiro da população. Por sinal, há dias interromperam, envergonhados, a colocação da terra que sufoca a bendita, benfazeja lagoa. Que Deus a salve da destruição. (...)A lagoa está na área privada do clube, mas é bem público inestimável.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38728
De: Gilson Data: Ter 16/9/2008 16:46:52
Cidade: Moc
Os bombeiros apagaram o fogo na serraria sul, na saída Moc/BH. Hoje, surgiu um foco no paredão a oeste, que dá nome a Montes Claros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38722
De: G1 Data: Ter 16/9/2008 14:59:59
Cidade: São Paulo/SP
Cidades do norte de Minas Gerais sofrem com estiagem Noventa e cinco cidades já decretaram estado de emergência. Diariamente, caminhões distribuem 20 litros de água por pessoa.Enquanto moradores da região metropolitana de Belo Horizonte sofrem com os prejuízos causados pelas fortes chuvas, no norte de Minas Gerais não chove desde fevereiro e a estiagem impõe sacrifícios. Moradores passam dias à espera de água que, quando chega, é trazida por caminhões.Em Montes Claros (MG), o nível da barragem que abastece a cidade caiu 3,5 metros. “É preciso que haja um rodízio, ou seja, é preciso limitar o abastecimento em cada residência para que haja água suficiente, pelo menos em quantidade mínima, para todos“, diz Daniel Antunes Neto, da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).O ambientalista José Ponciano Neto contou os rios e córregos que secaram com a estiagem prolongada e notou que apenas 25% deles continuam intactos. Noventa e cinco cidades mineiras já decretaram estado de emergência. Diariamente, o exército e a Defesa Civil levam 20 litros de água para cada pessoa.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38720
De: Agnelo Data: Ter 16/9/2008 14:44:23
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
E-mail: agnelo.moc@gmail.com
O Sr. Rogério Castro falando pela diretoria do Max-Min mostra total desconhecimento técnico sobre a tal obra. A mostra maior contra a sua afirmação, de que ali é só uma lagoa que acumula apenas água de chuva, e a existência não apenas de água acumulada, mas peixes e pequenas aves, ariris e frangos d´água circulando e mergulhando entre as plantas aquáticas procurando alimentos. O local é área de preservação permanente e a àgua acumulada ali, mesmo em regime temporeário vem de uma região preservada dentro dos limites do Aeroporto, quase próximo ao Anel Rodoviário. Um Clube que se representa a elite montesclarense, com associados com alto nível de escolaridade e formadores de opinião, deve ponderar sobre essa decisão absurda. Ainda bem que outras pessoas, inclusive associados, estão começando a se manifestar nesse espaço. Agora é preciso que as autoridades ambientais se posicionem sobre tal fato. Pelo menos a obra parece estar parada desde o último final de semana. Ainda é tempo de rever essa decisão impensada.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 38708
De: Flávio Maurício Data: Ter 16/9/2008 13:09:06
Cidade: Januária - Montes Claros  País: Brasil
E-mail: flajovar@connect.com.br
Realmente é um ato impençado a troca de um lago por uma pista de estacionamento. Nós que moramos numa região de semi-árido deixarmos acontecer isso acontecer é vergonhoso. Lá no Max-Min já existe poços artesianos que, se dotados de equipamentos com aproveitamento de luz solar, manteria aquele lago com lamina d`água suficiente para embelezar o ambiente e justificar a existência de vida. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38701
De: Jornal "Estado de Minas" Data: Ter 16/9/2008 11:39:55
Cidade: Belo Horizonte
Dez demitidos em Montes Claros Luiz Ribeiro O presidente da Câmara Municipal de Montes Claros, Cori Ribeiro (PPS), informou, ontem à tarde, que nos últimos dias já exonerou pelo menos 10 parentes empregados nos gabinetes dos vereadores. Em 4 de setembro, a Câmara Municipal recebeu uma notificação dos promotores Paulo Vinícius de Magalhães Cabreira e Felipe Gonçalves Caires, da Curadoria do Patrimônio Público de Montes Claros, dando prazo de 20 dias para exoneração dos parentes dos vereadores que se enquadram na Súmula Vinculante 13, do Supremo Tribunal Federal (STF), que proíbe a prática do nepotismo no Brasil.
Desde legislaturas anteriores, a Câmara Municipal de Montes Claros foi alvo de diversas denúncias de práticas de nepotismo. Cada um dos 15 vereadores tem direito a uma verba mensal de R$ 7 mil para contratar assessores e boa parte deles fez a opção por empregar parentes. Cori Ribeiro afirma que antes mesmo de ser notificado pelo Ministério Público – assim que foi publicada a súmula pelo STF (em 28 de agosto) –, encaminhou o texto da lei aos gabinetes dos vereadores, “solicitando as informações sobre todos os contratados para que pudéssemos dispensar aqueles que são seus parentes”.
Ele disse que ainda não recebeu as informações de todos os gabinetes. “Mas já foram exoneradas pelo menos 10 pessoas”, assegurou. Ele disse que não houve resistência por parte dos vereadores em acatar a decisão do STF. Dos 15 vereadores, apenas dois não são candidatos à reeleição. Um deles é o próprio Cori, que afirma que nunca empregou um parente. “Procuro evitar ao máximo o nepotismo. Acho que tudo tem seu limite”, disse. O outro vereador de Montes Claros que não concorre a novo mandato na Câmara é o médico Sebastião Pimenta (PDT), mas disputa a eleição como candidato a vice-prefeito na chapa do deputado Ruy Muniz (DEM) da coligação “O futuro agora”.
PREFEITURA
Os promotores também encaminharam a recomendação, dando prazo até 24 de setembro para o fim do nepotismo, à Prefeitura de Montes Claros, autarquias e empresas públicas do município. Ontem à tarde, o procurador do município, Otávio Augusto Melo Franco, disse que a medida dos promotores não vai mudar nada para o prefeito Athos Avelino (PPS), que está em campanha como candidato à reeleição, porque, segundo ele, o chefe do Executivo não nomeou nenhum parente que se enquadra nas restrições previstas na súmula do STF. Ele disse ainda que, desde outubro do ano passado, o prefeito havia encaminhado ofício ao Ministério Público, dando esta informação. Melo Franco informou que o chefe do Executivo encaminhou um formulário aos demais ocupantes de cargos de chefia da administração para que eles informem se há parentes na prefeitura, para que possa ser atendida a determinação do Supremo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38700
De: Mara Data: Ter 16/9/2008 11:30:20
Cidade: Montes Claros
Claques ("grupo de pessoas combinadas ou contratadas para aplaudirem ou patearem num espetáculo")interromperam ainda há pouco a reunião da Câmara dos vereadores. Diante das manifestações dos grupos, ligados a distintos candidatos, o presidente da Câmara encerrou a reunião, que votava o projeto de meio-passe para estudantes em M. Claros. O clima áinda é de grande balbúrdia, com grupos se insultando. "Parece um picadeiro" - resumiu um atônito assistente.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38697
De: Wagner Data: Ter 16/9/2008 10:27:48
Cidade: Belo Horizonte  País: Brasil
À Comunidade Jurídica de Montes Claros: Com muito prazer, informo à comunidade jurídica da nossa querida terra que, no próximo dia 29/09/08, o meu querido amigo e nobre juiz de direito Dr. Antonio Carlos de Oliveira Bispo, montesclarense da gema, atualmente titular da 22ª Vara Cível desta capital, ex-aluno da antiga FADIR, atual Unimontes, será designado desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Certamente, motivo de muito orgulho para a nossa cidade. Ao que me consta, primeiro desembargador formado pela Unimontes. Só nos resta parabenizá-lo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38695
De: Um ALUNO Data: Ter 16/9/2008 10:21:20
Cidade: montes claros  País: brasil
Eu concordo com os professores que estão em greve.porque se eles naum entraem em greve eles naum vão ter um salario digno. Além de ter ficado anos estudando para ser um profissional qualificado,eles tem que educar os alunos para naum serem nem um marginal olha como os crimes na nossa cidade estar aumentando.isso e sinal de que naum estamos tendo educadores porque os professores estao trabalhando muito desgastado porque tem que pegar varios cargos para ganhar uma renda amais. venho pedir aos senhores governantes que olham os esforços dos nossos professores por que se naum daqui alguns anos naum vamos ter educadores... aAumente um pouco o salarios deles por favorolha o trabalho que eles fazem.. os senhores fazem isso porque seus filhos naum dependem do ensino publico porque seus salrios sao bons e voç~es tem condições de pagar uma escola particular para eles. mais olhem para as pessoas que naum tem conições de estudar ne uma escola particular que so tem a rede publica para estudar. hoje as universidades estão muito concorridas e oa quanto nós alunos temos que estudar e ser capaz para entrar em uma dessas vagas que as faculdades e universidades oferecem..vem aqui pedir outra vez olhem para a claases dos professores.E professores continuem em greve que um dia eles aumenta os seu salarios.. voçês estão lutando pela um causa suas naum parem a greve porque o trabalho seus e justo e nós alçunos precissamos deles e temos que dar valor em voçes..muito obrigado
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38694
De: Ucho Ribeiro Data: Ter 16/9/2008 10:00:52
Cidade: Montes Claros
DEIXE NOSSO PLANETA RESPIRAR

Amanhã, por dez minutos, entre 21:50 e 22:00 horas, irei apagar todas luzes da minha casa, em adesão ao movimento “Escuridão Mundial” que deseja dias melhores ao nosso planeta.
Um gesto simples, que pode parecer até ingênuo, mas tem um significado enorme.
Vamos fazer uma reflexão sobre o que ocorrerá ao nosso planeta se continuarmos a desrespeitá-lo, como vimos fazendo. Qual o sentido de nossa presença na Terra? Tanta correria, tanto consumo, nos levará a o que? Que mundo deixaremos aos nossos netos?
Vamos acender uma vela e simplesmente olhar para sua luz, estaremos a respirar nós e o planeta.
Convide os seus amigos e conhecidos para participarem deste clarão em nossas consciências.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38692
De: rose soares Data: Ter 16/9/2008 09:51:29
Cidade: moc
Que absurdo sr Rogerio de Castro...então o fato da lagoa ser abastecida pelas aguas da chuva é o motivo para aterrar a mesma??!! Diante de tantos problemas causados pelo nosso clima, pela baixa umidade e outros fatores, temos que escutar absurdos como o que você colocou.sò de saber que depois de tantos meses sem chuvas e ali ainda tem agua, deveria ser repensada o fato de aterrar essa pequena lagoa...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38690
De: sandra Data: Ter 16/9/2008 09:43:28
Cidade: montes claros mg
E-mail: sandraramoscardoso@hotmail.com
Bom Dia, sou uma fã deste jornal e todos os dias estou aqui, sempre lendo e as vezes que posso comentando as noticias que nos ajudam e muito no dia a dia, li ontem a mensagem 38652, do Sr. Mario, e ele nos propoe que no dia 16/09/08 de 21:50 as 22:00 hs, apagar todos os aparelhos eletricos, ou seja um apagao de 10 minutos, para salvarmos o planeta de tanta poluição tudo..., muito boa a iniciativa, que parte tambem de outros cidadaos de outros paises, vou participar, e espero que vcs aqui tambem nos ajudem, meu email para contato sandraramoscardoso@hotmail.com, e se por acaso o Sr,Mario da mensagem 38652, estiver lendo entre em contato comigo pelo email, obrigado gente, e vamos nos unir para tudo de bom que existir para ajudar o proximo. Que Deus esteja com vcs.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 38687
De: Professora Elisângela Data: Ter 16/9/2008 09:22:35
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
Gostaria de responder à mensagem do "Anônimo, de 11/09/08, que, infelizmente, e provavelmente, não foi devidamente informado dos verdadeiros motivos da atual greve de professores da rede pública estadual. Sou professora e também estou de greve, lutando por um pouco de dignidade e salários mais justos para a nossa classe tão necessária, embora desvalorizada pelo povo. Querido Anônimo, sem querer te ofender, se possível, releia sua mensagem e observe, pelo menos, os erros ortográficos que ela apresenta. Com certeza, educando, você como tantos outros alunos que existem por aí, incluindo os meus próprios, não tem o hábito de ler e entender o que está acontecendo em nosso país e, principalmente, em nosso Estado. Caso lesse com freqüência, além de informado dos motivos reais da greve de professores da rede estadual de ensino, estaria também apto a escrever com mais coerência e menos erros ortográficos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38685
De: Evelina Antunes Data: Ter 16/9/2008 08:56:53
Cidade: Maceió/AL
E-mail: evelinaantunes@gmail.com
Sobre Montes Claros retratos poéticos, de Ângela Martins Ferreira e Karla Celene Campos,2008.

Por estes dias, ganhei de um amigo este livro. Mergulhada em outras paragens por força do trabalho, vejo e revejo o livro.

Engraçado, senti que o livro podia até ficar fechado para guardar imagens que também são minhas. Nem conheço pessoalmente as autoras e já me tornei amiga íntima delas.

Eu sou desse lugar. Nascer é ser do lugar? Aprendi na escola que sim e sigo acreditando nisso.

Mestre Zanza, meu Rei por muitos anos. Quando pequena, em agosto, saindo do Grupo Escolar D. João  Antonio Pimenta às pressas para poder acompanhar  o catopé antes de voltar para casa, adorava chegar embaixo dele só para olhar para cima e ver aquele cocar luminoso, colorido, maravilhoso. Aquilo era um Rei. E para sempre me emocionei ao ver Mestre Zanza brincando o Catopê. Zanza, agosto, folia - eu achava que o mundo era assim, tinha aquele momento mágico meio programado para acontecer porque em todo agosto acontecia.

A mulher agachada sobre um saco de alguma coisa, em frente a um monte de mexericas, e amamentando seu ou sua filha que de tão feliz segurava o pezinho, enquanto amamentava. Quem já amamentou sabe que quando eles ficam totalmente à vontade, entre outras coisas, seguram os pezinhos.

A prosa de vera na frente de um  bar ou armazém. Sempre achava que tudo que os adultos falavam era verdade absoluta. E me encabulava com tantas verdades.

A Igreja dos Morrinhos. Foi a primeira vez que me fixei no céu, sob as ordens de meu pai, para apenas olhar o céu. Ele me disse: deite aí no chão e olhe pro céu. Claro que Mamãe estava entretida com outras coisas e não reclamou por eu estar deitada no chão. Vi tudo azul marinho e prateado. O céu  salpicado infinitamente de estrelas que brilhavam muito. Aquele ir e vir de diferentes intensidades de luz está para sempre em minha memória como o céu do lugar onde nasci e, portanto, do mundo.

O coreto em volta do qual dei muitas voltas de velocípede. Meu velocípede foi o último presente de Papai Noel. Mas era lindo, creme e preto e me levava rapidamente a todos os muitos lugares que eu podia ir aos 5, 6 anos: ao quintal, à calçada e à praça, quando Papai podia me levar. Ele sentava num banco para ler jornal, em volta do coreto,e eu me divertia muito, rodando sem parar no meu super velocípede!

Minha cidade linda e plana e rodeada de serras. Por ser plana me ensinou a gostar do infinito.Por ter serras ao redor, me ensinou a buscar mais beleza depois.

Se nascer num lugar é igual a ser dele, eu não sei, mas sei que ele é meu.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38682
De: Raphael Reys Data: Ter 16/9/2008 06:53:41
Cidade: Moc - Mg  País: Br
E-mail: raphaelreysmoc@yahoo.com.br
PITÍ 171!
Nos conta um nobre leitor de Casos e Ocasos, o indefectível Waldir Lamparina que nos bons 2004 aqui na terra de Figueira, a sua sogra veio a bater a caçoleta lá pelas bandas do Sagrada Família. Desde a notícia do passamento a filha mais velha da morta abriu a caixa de ferramentas emocional tupiniquim e deu o maior pití. A bem da verdade armou o maior barraco, um escândalo que deu pano para as mangas.
Quando o corpo da de cujus chegou para o banho, ela afastou todo mundo e fez o serviço sozinha, no maior berreiro. Dava banho na mãe morta e gritava ao mesmo tempo: O Jesus!...Porque levou a minha mãe! Eu não consigo viver sem ela.... Leva-me também! Com o corpo na sala para o famigerado velório a cada conhecido ou parente que chegava ela armava novo berreiro. Era um pití atrás do outro!
Pulava na poltrona da sala e simulava um desmaio ou mesmo uma pequena convulsão! Momento em que levantava um braço ao mesmo tempo de uma perna em sentido oposto, penducando, assim, o equilíbrio. Quando chegou o rabecão para transladar o corpo até o santo sepulcro do Bomfim, ela ficou na porta da frente com os braços e pernas abertas impedindo a passagem.
Levou vinte longos minutos quando enumerou a grande voz as supostas qualidades da morta. Falava das suas virtudes da sua religiosidade. A alma da finada essas alturas já devia estar atormentada nos Hades, com tanta gritaria. Terminada a latomia expiatória e já com o corpo dentro do carro fúnebre, ela tomou a chave da ignição do motorista.
Impediu a viatura de sair levando o corpo e, novamente, deitou falação para a estupefata platéia de parentes, amigos e curiosos que a tudo assistia. Rasgou a blusa e pediu a Providência Divina que tirasse o seu coração e o enterrasse junto com a mãe!Fez pela terceira vez um relatório das qualidades e virtudes da mãe!
No caminho do cemitério de carona tentou duas vezes se jogar para fora do veiculo, sendo contida pelos demais ocupantes, que evitavam, assim, duas mortes na família no mesmo dia aumentando assustadoramente as despesas com enterros e velórios, o que não é nada barato!
Quando o cortejo que conduzia o paletó de madeira cruzou os portais do campo santo, o pau cantou na casa de Noca! Ela partiu para cima do caixão e o jogou no solo! Fez, então, o quarto discurso falando outra vez, de uma extensa lista de qualidades e virtudes da falecida. À custo foi contida e o caixão ia sendo baixado a sete palmos do buraco final, quando ela deu novo pití!
Na verdade, e o seu quase canto do cisne, pois prometeu se jogar na cova e ser enterrada junto com a mãe! Os parentes e aderentes já ao largo da cova aguardavam o fatídico desfecho, quando ela ficou possessa. Exigiu dos poderes celestiais devolverem a vida da mãe em troca da sua! Logo ela que iria ficar para cuidar das herdades e do bem bom que a mãe deixou!
Entregava para Deus até o cartão de aposentadoria da mãe e que Ele cuidasse de tudo! Deu então o último dos pitís de com força e na se sabe de onde veio um redemoinho que se formou na boca da cova e ela foi jogada dentro da poeira no fundo da sepultura, sem que ninguém visse.
Ai a poeira do redemoinho encobriu tudo e ela sem fala dada à pancada recebida com a queda e os coveiros aproveitaram mandaram bala nas primeiras pasadas de terra e toá. Com o barulho do cutruc... cutruc...cutruc... dos toás na tampa do caixão, ela foi possuída de uma energia de caça fantasma, subiu no caixão e agarrou os pés de um coveiro parrudo.
Esse, supondo o óbvio, puxou o peso para fora na arrancada que deu e gramou o beco, correndo pela Avenida Leonel Beirão! Aí ela soltou o berreiro: olha eu aqui gente! Não quero morrer não! Olhe eu aqui, para cuidar das coisas de mamãe!
E estamos conversados!
Aviso aos meus leitores de Casos e Ocasos: Essa é a chamada chaveta do de cujus! A chaveta sinistra.
Olho vivo!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38679
De: Alex Data: Seg 15/9/2008 22:36:38
Cidade: Moc
Já que a lagoa citada no Max Min é de água da chuva, que maravilha de lagoa, porque nao se colocam peixes para evitas larvas de mosquitos e fazem um embelezamentos da lagoa??Muito melhor, e contribuira para a imagem do clube. Chama-se Marketing Institucional.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38675
De: moradora Data: Seg 15/9/2008 20:44:36
Cidade: montesclarosmg  País: brasil
(...) desta vez foi bem perto da milha casa estou muito assustada nao durmo direito a noite o chiquinho guimaraes precisa de uma atençao especial sao varios jovens nas esquinas sem mem um trabalho jogado comversa fora temos que lutar para que este bairro se liberte das drogas e que a policia militar entre no bairro depois da zero hora porque precisamos de proteçao a noite tambem e que deus nos ajude
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38666
De: ROGÉRIO CASTRO Data: Seg 15/9/2008 18:24:16
Cidade: MONTES CLAROS  País: BRASIL
E-mail: rogeriobdecastro@uol.com.br
Ao Sr. Elton da mensagem 38660.A diretoria do MaxMIn resolveu aterrar aquela lagoa ao lado, não simplesmente para aumentar estacionamento como relataram aqui nesse mural.Aquela água que fica empossada alí é proveniente das chuvas, não existe nenhuma nascente que alimenta aquela lagoa.Já que estamoa aproximando da época das chuvas, a diretoria resolveu fazer os serviços, já estava no planajamento a bastante tempo.Com certeza a preocupação de doenças como a dengue por exemplo, é constante por alí.Se tiver qualquer dúvida entre em contato com a presidência ou a diretoria do MaxMin, com certeza será bem esclarecido.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38660
De: Elton Data: Seg 15/9/2008 16:22:45
Cidade: Montes Claros

É uma loucura o que estamos fazendo com o planeta, com a nossa terra. Na entrada de M. Claros, junto do Max-Min Club, uma lagoa - modesta que seja - está sendo aterrada, com o uso de máquinas pagas pelo poder público, com o nosso dinheiro, numa cidade de clima extremamente difícil. Uma lástima. Fiz a foto, para que vejam, ouçam o grito de socorro da água sendo sufocada pelas máquinas. Ontem, a umidade do ar de M. Claros, mais uma vez teve índices de alerta máximo. Que Deus se apiede de nós. Que Deus ilumine os nossos governantes!!! Uma lagoa como esta, com a sua nascente e o filete de água que a alimenta é vital para a vida. Não façam isto. Se não dão valor à vida, pensem pelo menos nos seus filhos. Isto, que já recai sobre nós, com mais força recairá sobre eles.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38658
De: O Tempo Data: Seg 15/9/2008 15:43:38
Cidade: BELO HORIZONTE/MG
Hotel de Montes Claros indeniza por furto em suas dependências Um representante comercial ganhou na Justiça o direito de ser ressarcido pelo roubo de objetos que estavam dentro de seu carro quando ele se hospedava em um hotel da cidade de Montes Claros, no Norte de Minas, em setembro de 2004. A decisão foi da 11ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que manteve a sentença de 1ª Instância onde a administradora do hotel foi condenada também a indenizar o cliente por danos morais. O representante comercial ficou no hotel durante quatro dias e deixou seu carro aos cuidados de um manobrista, no estacionamento, quando chegou no local. No dia seguinte, ao pegar o veículo, sentiu a falta de uma caixa de CDs, onde continha 39 discos no valor médio de R$ 25 cada um. Ao procurar o gerente, o hóspede ouviu a afirmação de que o hotel não tinha culpa pelo ocorrido, pois o estacionamento era terceirizado. Os donos do hotel também disseram ao representante comercial que não poderiam fazer nada, porque não sabiam se era verdade que os CDs estavam no carro. A vítima ainda contou que o sócio-proprietário do local insinuou que ele estava mentindo para obter vantagens e disse que os fatos seriam investigados por um policial.O representante comercial entrou com uma ação afirmando ter se sentido ofendido, porque, além da perda de seus pertences, teve sua honestidade posta em dúvida.Assim, pediu indenização pelos danos materiais sofridos com o furto e por danos morais devido às ofensas e ao descaso na solução do problema.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 38654
De: Polícia Militar Data: Seg 15/9/2008 12:36:03
Cidade: Montes Claros/Minas Gerais
BO 47.794/08: Às 11h16min de ontem, (14/09), durante realização das provas do concurso do CTSP da Polícia Militar de Minas Gerais, na Av Cel Luiz Maia, Jardim Palmeiras, Escola Estadual Levy Durães Peres, onde foi preso o autor Anderson Nascimento de Souza, vulgo “Dan”, 23 anos, eletricista, por fraude. O autor estava com um celular dentro da cueca e no momento da realização da prova recebeu ligação. O autor preso foi conduzido à Delegacia de Polícia e apreendido um celular marca Nókia 1100, cor prata.
BO 47.805/08: Às 12h19min de ontem, 14/09, durante realização das provas do concurso do CTSP da Polícia Militar de Minas Gerais/RMBH, na rua dos Bandeirantes, Conjunto Antônio Pimenta, Escola Estadual Felício Pereira de Araújo, foi preso o autor Jean Carlos Oliveira de Jesus, vulgo “Carlão”, 22 anos, mecânico, por fraude em concurso. Ao ser abordado foi constatado que o autor estava portando um celular no bolso da calça no momento da realização da prova, sendo um telefone Motorola F-3. O autor afirmou que comprou o telefone pelo valor de R$3.000,00, sendo R$1.000,00, caso fosse aprovado no concurso e o restante parcelado. Relatou ainda, que recebeu as 40 ligações para respostas das questões da prova, que as ligações foram recebidas por vibrações. O autor afirmou que o telefone foi adquirido em uma loja no centro de Montes Claros, que atualmente a loja funciona no Shopping popular. O autor preso foi conduzido à Delegacia de Polícia, juntamente com o celular apreendido.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38653
De: Julien Data: Seg 15/9/2008 12:23:17
Cidade: Montes Claros
Nunca em tempo algum o silêncio dos bons fez tanta falta como agora.
Dói o silêncio dos bons.

"O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons." Martin Luther King
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38652
De: Mário Data: Seg 15/9/2008 12:16:44
Cidade: M.Claros
A internet mundial, isto é, em todos os países, está divulgando uma mensagem convidando para um apagão na noite desta quarta-feira. A mensagem, em quase todas as linguas mundiais, faz o convite (abaixo em português) e em linguas exóticas, para nós. Vejam:
Portugués:
Escuridão mundial: No dia 17 de Setembro de 2008 das 21:50 às 22:00 horas
propõe-se apagar todas as luzes e se possível todos os aparelhos
eléctricos, para o
nosso planeta poder `respirar`.
Se a resposta for massiva, a poupança energética pode ser brutal.
Só 10 minutos, para ver o que acontece.
Sim, estaremos 10 minutos às escuras, podemos acender uma vela e
simplesmente
ficar a olhar para ela, estaremos a respirar nós e o planeta.
Lembrem-se que a união faz a força e a Internet pode ter muito poder e
podemos mesmo fazer algo em grande.
Passa a notícia, se tiveres amigos a viver noutros países envia-lhes

Chino:
> 黑暗的世界:對2008年9月17日從21時50分至22:00 。
> 這是建議關掉所有電燈及可能的話,所有電器,使我們的星球可以`呼吸` 。
> 如果答案是大規模,節能,可殘酷的。
> 只有10分鐘,並看看會發生什麼情況。
> 如果我們10分鐘,在黑暗中,成衣蠟燭和簡單的外觀和我們將呼吸和我們的星球。
> 記得當時的聯盟是實力和在互聯網上可以有很大的權力和,甚至可以更大一些。
> 通過新聞.

> árabe:
> ظلام العالم : على 17 سبتمبر 2008 من الساعة 21:50 الى 22:00
> ويقترح حذف جميع الانوار واذا امكن جميع الاجهزه الكهرباءيه , ويمكن
> لكوكبنا `تنفس`.
>
> اذا كان الجواب هاءله , ويمكن الاقتصاد في استهلاك الطاقة وحشية.
> خلال 10 دقائق فقط , ونرى ما سيحصل.
> نعم , نحن على 10 دقائق في الظلام , ونحن على ضوء شمعة وببساطة
> ان النظر اليها , ونحن نتنفس وكوكبنا.
> نتذكر ان الاتحاد هو القوام وشبكة الانترنت يمكن ان تكون بالغة القوة
> ويمكن
> حتى تفعل شيئا كبيرا.
> التحركات الاخبار .
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38642
De: Marcelo Data: Seg 15/9/2008 10:36:11
Cidade: Montes Claros/Minas Gerais  País: Brasil

Estava marcada para começar às 13 horas, mas a 5ª Parada Gay de Montes Claros teve início mesmo por volta das 17 horas, quando a avenida Sanitária foi realmente tomada por gays e simpatizantes (em torno de oito mil). Tirando o atraso de quatro horas, o resto aconteceu como era esperado. A felicidade estampava o rosto dos participantes (alguns fantasiados) que aplaudiam os discursos e shows que foram até às 20 horas. Depois, os três trios começaram a andar e contornaram parte da avenida: eram dois trios gays e um lésbico. Com o fim da parada, fica a saudade e a quase certeza de que, em 2009, a parada terá início mais tarde, por volta das 17 horas, por causa do forte sol dessa época do ano em Montes Claros. Envio fotos caso queiram ilustrar este meu comentário.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38640
De: marcos silva Data: Seg 15/9/2008 10:12:12
Cidade: MONTES CLAROS
É interessante ver como alguns vivem na contra-mão do tempo, enquanto o saudoso Antônio Lafetá Ribeiro brindava a cidade com a contrução de lagoas, o max-min, em nome da construção de estacionamento vem e aterra o espelho d´água lá presente, a ausência de bom senso é tamanha que fazem isso justamente no momento em que Montes Claros alcança níveis desérticos de umidade, a ignorância impera na cidade não bastasse a derrubada desenfreada de árvores, a natureza chora e cetamente num futuro não muito distante se rebelará contra nós que a agredimos covardemente
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38636
De: otavio soares Data: Seg 15/9/2008 09:07:08
Cidade: montes claros
não bastasse o barulho ensurdecedor da unimontes quinta e sexta feira, no sábado, além de atrapalhar o trânsito numa das avenidas mais movimentadas da cidade, a parada g, ficou toda a noite de sábado no maior fuzuê...realmente tá difícil, calor, poluição do ar, poluição sonora acima do máximo do limite...a culpa é de quem? e a menina que defende deve estar ainda dormindo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38635
De: Matos Data: Seg 15/9/2008 08:45:44
Cidade: M. Claros
Muito provavelmente por causa do fogo na serraria sul, que começou na tarde/noite passada, a cidade de Montes Claros amanheceu enfumaçada hoje. Vista do alto, a fumaça se concentra mais na parte sul.Para piorar, a meteorologia anuncia temperatura de 34 graus e umidade do ar de de 25 por cento. Costuma ser menos. Ontem à tarde, bateu nos 12 por cento, sinal de alerta máximo. A sorte é que a mesma previsão do tempo admite (admite) chuva de 2 milímetros na quarta, 4 milímetros na quinta e 2 na sexta. Agora, é pedir a Deus que a chuva venha e que a baixa umidade do ar desapareça.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38633
De: Amélia Data: Seg 15/9/2008 08:20:48
Cidade: MONTES CLAROS
E-mail: amelia@terra.com.br
Estamos em racionamento de água, pelo menos a periferia falta água, tem bairro que está faltando até para as necessidades básica, enquanto que no bairro São José corre um riacho rua abaixo e já é quilometrica a enchurrada, é dificil de acreditar enquanto uns penam outros abusam. E quem paga?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38631
De: Agnelo Data: Dom 14/9/2008 23:23:51
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
Decepecionante a postura do Clube Max Min que parace ser mesmo o responsável pela obra de aterramento da lagoa ao lado do Clube. E pasmem, caros muralistas, parece que eles querem fazer uma estacionamento. Ao invês de valorizar aquele espelho d´água, que merecia sim, um projeto paisagistico de revitalização ambiental, preferem aterrar o local. E ainda resta a suspeita, levantada aqui no mural, de que a obra está sendo tocada com recursos públicos, já que, coincidentemente está sendo feira pela (...), a mesma empresa responsável pela avenida em frente ao Clube. Portanto, tudo "pertim, pertim, facim, facim". Resta saber quem autorizou tamanha insensatez. Alô Pólicia Florestal, Ibama, Secretaria de Meio Ambiente, enfim, alguém dê alguma informação ou tome uma atitude contra esse crime. Como frequentador do Clube há mais de 20 anos, acredito que os associados não tiveram conhecimento dessa decisão exdrúxula e (...). Vamos nos manifestar junto à diretoria. MAIS VERDE, MAIS ÁGUA, MENOS CIMENTO E MENOS ASFALTO.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38630
De: Pai Data: Dom 14/9/2008 23:07:43
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
Indignação e revolta foi o que senti na tarde de domingo no Hospital Clemente de Faria, ao procurar atendimento para minha filha de apenas um ano, com febre alta, tosse e dores, mais uma vitima de problemas respeiratórios causados por este clima seco que vem assolando nossa região. Cartazes fixados no balcão de atendimento informavam que não havia pediatra de plantão. Giante do conmtrangimento dos atendentes, por sinal muito atenciosos, engoli a vontade de xingar e esbravejar, porque, graças a Deus, tenho plano e de saúde e pude procurar um atendimento particular. Mas antes disso, olhei ao redor e vi dezenas de mães e país com seus filhos sofrendo o mesmo problema, sem opção, a não ser ir em busca de outro hospital público. Uma cena desumana e triste. A baixa humidade que nas últimas semanas tem atingido marcas negativas históricas em nossa região, entre 9 e 12%, indica claramente um alerta de prioridade do sistema de saúde pública, principalmente no atendimento infantil. A falha nesse tipo de atendimento, num hospital referência como o Clemente de Faria é uma vergonha, principalmente para a instituição Unimontes, que não perde a oportunidade de se gabar sempre do que é pura obrigação sua. Nessa hora o título de Hospital Amigo da Criança vai para o ralo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38628
De: Marly Data: Dom 14/9/2008 19:39:06
Cidade: Montes Claros/MG
Montes Claros teve umidade de ar de 12 por cento durante três horas, neste domingo, a partir das 14h e até as 17h. A temperatura máxima foi de 35 graus. Configura alerta máximo. Pode chover 1 milímetro na quinta-feira.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38627
De: Jediel Data: Dom 14/9/2008 19:29:09
Cidade: M. Claros
Olhem agora para as montanhas a sul do centro de M. Claros. Ali, de um lado e de outro da estrada que leva a Belo Horizonte. Parece uma bela procissão de velas. Na verdade, é fogo. Uma serpentina de fogo, não muito larga, com o formato de uma Muralha da China, sobe aquelas encostas. Há muitas décadas, era comum ve-las nos meses de agosto e setembro, nos montes claros (a oeste), quando se preparava o chão para as sementeiras. Primeiro, aceirava-se a propriedade. Depois, no miolo isolado, tocava-se fogo. Era "o melhor camarada, o mais produtivo" - dizia-se. (O de hoje deve ter sido causado por uma ponta de cigarro, pois a população convenceu-se afinal de que "o melhor camarada", o fogo, é na verdade o pior). Agora, corram à janela e vejam o rastilho de fogo subindo a encosta.Com ele, a umidade do ar piora.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38626
De: Ronaldo Data: Dom 14/9/2008 19:09:13
Cidade: Montes Claros
É uma pena esperar por novos jardins na quente paisagem de M. Claros e encontrar, no seu lugar, uma longa risca de borra de asfalto. É o que acabo de ver, voltando do Max Min Clube. Daquela direção ao centro, no meio da avenida duplicada, no lugar de grama e árvores, desfila borra preta. Dizem que será a ciclovia, experiência que em M. Claros nunca deu certo, desde o programa de Cidade de Porte Médio, idealizado por Toninho Rebello e executado (mal executado) pelo seu sucessor. Teremos na avenida em duplicação asfalto de um lado, asfalto do outro, e asfalto no meio. O verde, ora o verde que se dane!!! É uma desatenção total com os habitantes de Montes Claros, numa cidade tórrida que bate recordes de baixa umidade do ar. Brasília DF, que sempre foi a campeã de baixa umidade do ar no Brasil, este ano está aflitíssima com a umidade em 14%. Nós, em Montes Claros, já a tivemos em 9% e em números próximos. No entanto, no lugar do verde, de sombra, mais borra de asfalto!!! Os empreiteiros gostam mais, (...) Ao lado do clube que citei, uma pequena lagoa está sendo aterrada - e por máquinas a serviço do poder público. Pode??
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38623
De: Daniel Veloso Data: Dom 14/9/2008 11:08:31
Cidade: Viçosa/MG
ALERTA: Artigo publicado na revista científica World Journal of Microbiology and Biotechnology avaliou a qualidade microbiológica das conservas feitas com polpa de pequi. O nível de contaminação por microrganismos indica uma inadequada condição higiênica durante o processamento dessas conservas. 33% das amostras analisadas estavam contaminadas com Salmonella spp.. Por fim, o artigo conclui que em função dos níveis de contaminação por microrganismos esses produtos podem representar um risco para saúde pública. Link para o paper http://www.springerlink.com/content/f511043n82644n46/
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38622
De: Denize Data: Dom 14/9/2008 11:06:07
Cidade: Montes Claros
Sou moradora da rua Coronel Joaquim Costa e fiquei indignada com a falta de educação dos participantes da manifestação de candidato a prefeito, nesse sábado(13/9).Os carros de som transitando pela contramão com um som altíssimo, os participantes jogando copos e garrafas descartáveis de água no chão, no meio de rua. Qual a mensagem que o candidato (...) quer transmitir???? (...) Fica registrado meu protesto! Agradecida
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38620
De: N.S. Data: Dom 14/9/2008 00:12:09
Cidade: Montes Claros
12/09/08 - 12h12 - "Quanto à boate próxima ao Aeroporto, a questão já ultrapassou a esfera administrativa e o caso já está nas mãos do Ministério Público, uma vez que a determinação imposta para o funcionamento foi descumprida"

Passei por volta das 9 horas da noite no trevo que fica na entrada do aeroporto. Vi centenas de carros estacionados e um barulho infernal. Era uma banda que lançava bem longe o seu barulho bate-caverna, em área residencial há mais de 30 anos. Uma pessoa me confirmou: a tal banda azurrava daquela forma desde o começo da tarde deste sábado.
Lembrei-me da notícia que li aqui, ainda ontem, cujo título é o que está acima.
Peço que deixem que eu transcreva debaixo de aspas o esclarecimento da Secretaria de Meio-Ambiente, da prefeitura, com data de ontem ao meio-dia. Dizia ela:
" (...) A informação de que a Secretaria de Meio Ambiente “custa muito” aos cofres públicos é inverídica. (...) Quanto à boate próxima ao Aeroporto, a questão já ultrapassou a esfera administrativa e o caso já está nas mãos do Ministério Público, uma vez que a determinação imposta para o funcionamento foi descumprida. O fato de existirem leis e sanções não implica em dizer que o problema será extinto. Se todos respeitassem as normas não precisaríamos do judiciário." (Nem de secretarias, como esta - ouso acrescentar).
Entendi que a boate, em represália ao esclarecimento da prefeitura, hoje resolveu ampliar o desafio contra a lei e contra as autoridades num limite jamais ouvido pela redondeza.
Como se lê na nota, a secretaria admite publicamente que é incapaz de cumprir a regra que a administração, em boa hora, diga-se, propôs, a Câmara aprovou e o prefeito sancionou. Pior: a secretaria põe em dúvida o poder mandatório da lei, núcleo essencial do arcabouço jurídico em toda parte; hesita diante da prevalência da lei sobre a vontade dos homens, ao ensinar que "o fato de existirem leis e sanções não implica em dizer que o problema será extinto". Sugere que entrega os pontos, que desiste, depois de ter-se vangloriado em outra ocasião. E confortavelmente anuncia que transferiu o problema, que é atribuição sua, para o Ministério Público, abdicando da sua competência, em função da qual nós contribuintes pagamos os salários e demais despesas de quem lá tem o dever de cumprir e fazer cumprir a lei, em nome de todos. (Aqui, parêntesis: para lembrar que a cidade toda virou um pandemônio, uma só usina de barulho, reduzindo a boa lei a burlesca página de folhetim que o vento carrega).
A tal boate, é sabido, foi construída (ilegalmente) em espaço público; é objeto de disputa judicial entre particulares que reivindicam sua posse, de má origem, em área proibida; incomoda gravemente uma zona estritamente residencial; desobedece a todo tipo de lei, desafia o poder público, cria por variados motivos um ambiente de viciação de jovens, em escalas de ancilagem as mais perversas, e ainda faz humilhar (e baixar a cabeça) uma secretaria do Poder Público do município. Como arremate, ao subir o barulho nesta tarde, a nível ainda maior, zomba de todos. Zombará do Ministério Público?
Resta a indagação: não seria melhor que a secretaria, por brio e por via de conseqüência, apresente ao prefeito a proposta de sua extinção pura e simples, uma vez que se declara ineficaz para cumprir e fazer cumprir a lei, fiel ao seu dever?
Ao declarar um viés de conformação e de submissão a desordeiros vulgares, enxotados de mais de um lugar da cidade, a secretaria admite que estamos sitiados pelo mal e por transgressores renitentes da lei.
Temos esperança de que o prefeito, honrado como é, faça com que a secretaria se reencontre, e justifique a sua existência, que em outros tempos nos encheu de fundadas esperanças.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38618
De: Ana Amélia Data: Sáb 13/9/2008 23:15:01
Cidade: Montes Claros
Hoje, aproveitar o sábado pela manhã ou melhor, tentei aproveitar, para ir ao centro resolver algumas pendências e voltei para casa correndo, devido ao insuportável barrulho que tomou conta da cidade. Nas lojas, não consegui converar com as atendentes. Nas ruas impossível de andar,devido ao desespero dos políticos na ânsia pelo poder, com seu carros e bicicletas de sons extremamente altos, na maior falta de educação. A justiça precisa agir com rigor para proibir esse basrrulho infernal. Imagino as pessoas que trabalham no centro da cidade, convivendo com isso todos os dias. Estão tornando pessoas nervosas e estressadas.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38617
De: guilherme gomes Data: Sáb 13/9/2008 21:28:05
Cidade: montes claros MG
Pelo amor de DEUS,não estou mais aguentando essa poluição sonora causada pelos políticos... Eu iria votar em um dos candidatos so que desisti porque fico nervoso com amusica (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38608
De: Revoltado Data: Sáb 13/9/2008 12:01:43
Cidade: Montes Claros
Meu trabalho é na Rua Gão Mogol, e no momento que eu lia a Mensagem N° 38572 passou um ônibus velho adaptado pra campanha politica com o som estrondando, quase quebrando o vidro da divisória.O candidato que (....) nao respeita nem o Juiz.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38607
De: José Geraldo Data: Sáb 13/9/2008 11:36:50
Cidade: M. Claros
o governador Aécio Neves foi a Uberaba e Juiz de Fora pedir votos para os seus candidatos - Fahim Sawab e Custódio Matos, respectivamente. Prometeu que, se eleitos, vai "escancarar" a porta do Palácio da Liberdade para Uberaba e para J. de Fora. Como Aécio não pia em relação aos candidatos que "matam` a população de M. Claros com barulho enlouquecedor, fica a conclusão de que, para nós, não existe porta "escancarada". E há muito tempo. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38605
De: Juliana Data: Sáb 13/9/2008 09:38:39
Cidade: M. Claros
É um absurdo sem limites este alvoroço, barulho,escarcéu a que estamos submetidos em M. Claros, piorados pela campanha eleitoral. Como votar nestes senhores se eles não nos respeitam nem antes da eleição, quando dependem de nós, pois, depois, serão como sempre indiferentes. Não respeitam ninguém. Já decidi: não votarei, é a única coisa que posso fazer, pois a lei se mostra impotente contra eles, como impotente está o próprio juiz eleitoral que não consegue se fazer obedecido no exato cumprimento da lei!!!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38603
De: Luiz de Paula Data: Sáb 13/9/2008 09:04:58
Cidade: Montes Claros
(Do livro "Por Cima dos Telhados, Por Baixo dos Arvoredos" - Parte 41)

ROTARY – UMA DÁDIVA OFERECIDA
AO MUNDO

Eles eram quatro, eram quatro homens modestos, falando uma linguagem nova para o mundo. E se reuniram certo dia para um encontro histórico. Seus primeiros passos, os primeiros passos que foram dados, perdidos ficaram na indevassabilidade dos tempos mais remotos. No princípio era o medo, era a desconfiança, a maldade feroz do homem primitivo. Eram os primitivos instintos de defesa e de luta indispensáveis à sobrevivência em um mundo inóspito, no qual o homem, desarmado pela natureza, enfrentava condições de vida terrivelmente hostis.
A partir, portanto, do homem primitivo e quase fera, do homem sozinho e nômade, que se apoiava na União tribal, evoluindo para o clã, através da união pelo sangue e pela adoração dos mesmos totens, a partir, pois, de quando a paisagem do mundo oferecia múltiplos arquipélagos humanos antagonizados pelo medo, pela desconfiança, e pela brutalidade, desde então, e sempre, o homem se sentia um ser a que faltava algo, e esse algo era a associação com seu semelhante, a qual pouco a pouco veio sendo alcançada, na longa caminhada de séculos e milênios, pela formação dos aglomerados e a seguir das nações, das urbes, dos Estados, das Federações, das Ligas e da ONU, na antevisão do sonho de Wendel Wilkie, na procura idealística de UM MUNDO SÓ.
Foi longo o itinerário através do tempo e do aprimoramento até que pudessem aqueles quatro homens se reunir na sala nº 711, de uma casa modesta, na cidade de Chicago. A casa, por um desses fenômenos que se creditam ao acaso, possuía o nome significativo de BUILDING UNITY, Edifício da União ou, em tradução também aceita, Edifício da Unidade ou da Universalidade. Singela era a sala, modestos os seus ocupantes: um vendedor de carvão (que ali tinha seu escritório), um alfaiate, um engenheiro de minas e um advogado que viera da província. Este último, de nome Paul Harris, fora o inspirador da reunião. A data: 23 de fevereiro de 1905.
Naquele dia tomou corpo um pensamento generoso e altruístico, que evoluiu através dos tempos e cuja cristalização, na forma de clube de serviço, haveria de revelar-se profundamente fecundo para a humanidade. Naquele dia nasceu o primeiro Rotary Club. Seus componentes, hoje nomes históricos, foram Silvestre Shiele, o carvoeiro; Hiram Shorey, o alfaiate; Gustavus Loher, o engenheiro; e Paul Harris, que modestamente recusou a presidência, em favor de Silvestre Shiele, que se tornou o primeiro presidente de um Rotary Club.
É certo, e o próprio Paul Harris o afirma em seu livro “The Rotarian Age”, que os seus fundadores, por mais que acreditassem em Rotary, não vislumbraram, naqueles primeiros tempos, o estupendo futuro de Rotary e a influência profunda que viria a exercer no mundo.
Em primeiro lugar, com Rotary nasceu o clube de serviço, um novo tipo de associação até então desconhecido e que a partir daí fez escola e em sua esteira surgiram dezenas de organizações da mesma família, devotadas, por diversas formas, à desinteressada prestação de serviços, como Lion’s, Orbis e outros.
Pelo convívio dos primeiros rotarianos e pelo conhecimento das atividades profissionais de cada um, alargou-se o campo de conhecimento de todos, ao mesmo tempo em que entre eles se consolidava o sentimento de companheirismo. Cedo verificaram que sua organização passara a representar uma força que não devia deter-se em si mesma, mas que requeria fosse canalizada no sentido da prestação de benefícios, nascendo assim, organizadamente, as quatro grandes avenidas através das quais Rotary atua na realização de seu ideal de desenvolver o companheirismo, de aproximar os profissionais de todo o mundo, de melhorar a comunidade e de reconhecer o mérito de toda a ocupação útil.
Ao comemorar-se mais um aniversário de Rotary, e ao bosquejar, de minha parte, em palavras ligeiras, as origens e finalidades de Rotary, sou possuído da convicção de que simples palavras não conseguem traduzir tudo o que é Rotary em sua explendente realidade. Rotary não pode ser descrito, por mais que se busquem e se rebusquem as palavras. Rotary estará sempre acima de nosso poder de expressão. Para bem conhecê-lo é necessário que se viva Rotary. É na vivência do dia-a-dia rotário, na participação constante da torrente de calor humano que flui através de Rotary – só assim se pode alcançar toda a sua grandiosidade, toda a sua magia. Há exemplos sem conta desse poder quase miraculoso de Rotary.
Certa vez, era eu Governador do Distrito 458, e visitava oficialmente um clube. Estávamos na assembléia de executivos e eu lançara a pergunta que costumava fazer para estimular a participação de todos.
“Como vai o clube?” Foi a minha pergunta.
As respostas vieram de vários lados e em dado momento, quando alguém punha em realce o companheirismo existente no clube, um dos presentes observou, prendendo a atenção geral:
“Rotary é engraçado. Às vezes conhecemos uma pessoa por longos e longos anos, sem nos simpatizarmos com ela, como no caso que vou contar-lhes. Eu sou escrivão da Coletoria, prosseguiu, e devo atender indistintamente a todos os contribuintes, mas aquele cidadão de tal forma me desagradava que sempre me esquivava de atendê-lo e por último chegava às vezes a escapulir-me da repartição, quando ele apontava ao longe, vindo em direção a Coletoria. Um dia esse cidadão foi proposto para sócio do clube. Tive um drama de consciência. Em verdade eu nada tinha de real para apontar contra ele, mas nossos anjos-da-guarda não se entendiam, como diz o povo. Afinal, para não ser injusto, votei a favor dele, rezando para que outros o recusassem. Mas ele foi aceito e veio para o clube. A princípio ficamos distanciados um do outro, depois passamos a trocar cumprimentos e mais adiante a conversar nos jantares, nos encontros de rua e em reuniões sociais. E assim fomos descobrindo nossas afinidades e nos tornamos amigos. Hoje, no dia em que ele não vem à Coletoria ou à minha casa, eu vou visitá-lo em seu trabalho ou na residência. O convívio e o espírito rotário destruíram a barreira que nos separava”.
Este caso é típico de Rotary. Espero um dia levá-lo a uma Conferência e ao acabar de contá-lo pedirei aos dois protagonistas que se levantem e o confirmem. E se abracem.

(continuará, nos próximos dias, até a publicação de todo o livro, que acaba de ser lançado em edição artesanal de apenas 10 volumes. As partes já publicadas podem ser lidas na seção Colunistas - Luiz de Paula)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38602
De: Ruth Tupinambá Data: Sáb 13/9/2008 09:01:29
Cidade: Montes Claros
Irmã Beata e seus anjos

Ruth Tupinambá Graça

Irmã Beatriz (carinhosamente a chamávamos Irmã Beata) nasceu em Batton na Holanda a 20 de Janeiro de 1880. Deixou todo o conforto das grandes cidades do seu pais, trocando-as pelo nosso abandonado sertão.
O seu bondoso coração gritou mais alto sabendo das necessidades e sofrimentos principalmente dos pobres da nossa terra, dando sua assistência como enfermeira na Casa de Caridade, criada pelo Governador da Província sob o decreto n° 1776 de 21/12/1871, com verbas conseguidas pelo Dr. Carlos Versiani e o Deputado Justino Câmara.
Infelizmente não existia um patrimônio próprio, a Instituição sem recursos, para socorrer desvalidos, era sustentada por pequenas quotas consignadas nos orçamentos Provinciais. O povo também colaborava por intermédio da Sociedade Religiosa Nossa Senhora das Mercês a qual era responsável por todos os negócios e direção da Instituição.
A Casa de Caridade era apenas um casarão(localizada na praça hoje Dr. Carlos) sem nenhum recurso. Faltavam aparelhos cirúrgicos, enfermeiras, remédios leito e alimentação. A cozinha á lenha, era a mais rudimentar possível, com vasilhames escassos. A falta de água canalizada tornava-se difícil a limpeza geral do hospital e as roupas eram lavadas em bacias e ferventadas em grandes calderões.
A partir de 1887 a vida da Casa de Caridade foi uma verdadeira “novela”, enfrentando obstáculos políticos, sociais, religiosos e financeiros, sobrevivendo por milagre.
Em 1903 a Casa de Caridade mudou-se para o fim da Av. Cel Prates (Av. Estrela na época) ocupando 3 chalés antigos.
O 1° médico da cidade e o1° diretor clínico da Instituição foi Dr. Carlos Versiani trabalhando 58 anos (quase sem remuneração). Por sua morte foi substituído por Dr. Honorato Alves.
Em 1908 Daniel Costa, talvez o maior benfeitor da Casa de Caridade, deixando em testamento, todos os seus bens para esta Instituição e pobres da nossa cidade. Com a valorização dos imóveis, a situação, financeira desta Casa melhorou e também as suas instalações e atendimentos.
A partir de 1911 (época da sua chagada a M. Claros) Irmã Beata assumiu a direção da Santa Casa permanecendo até 1951 (quando faleceu) trabalhando incansavelmente, atendendo ricos e pobres com o mesmo carinho e paciência. Quase todos os montesclarenses, que hoje estão formados e realizados, comerciantes, industriais e fazendeiros, enfim, pais de família, passaram por suas mãos.
Ela passava noites inteiras á cabeceira de doentes e no dia seguinte continuava no “batente”, lutando para salvar vidas, que viam nela sua última esperança. Era uma verdadeira Santa, como disse o Dr. Luiz Pires em seu depoimento: -“Ela tinha capacidade para resolver todos os problemas da Santa Casa quase sozinha”. Ele confessou (quando foi provedor) que ficava assustado; ele não conseguia resolver um “problemão daqueles” e pacientemente ela dizia-lhe: -“Não fique preocupado Pirezinho, Deus vai resolver.”.
E as soluções sempre vinham satisfatórias.
Naquela época existiam médicos parteiros, o encontro com a “cegonha” era missão das parteiras e elas atendiam nossa comunidade e o município.
No final da década de 30, chegaram em nossa cidade os primeiros médicos parteiros: Dr. Alfel de Quadros, Dr. Hermes de Paula, Dr. Pedro Santos, Dr. Aroldo Tourinho, recém-formados. Mas a preferência era ainda Irmã Beata. Não só pela confiança e segurança que ela inspirava, pela pratica, carinho e paciência, mas também pelo constrangimento e inibição que as mulheres (daquele tempo) sentiam ao enfrentar um médico parteiro.
O parto era difícil e doloroso. Horas intermináveis, sem analgesia, numa cama patente comum, desconfortável. Não existia sala especial, mas com a presença da Irmã Beata, todas as pacientes se sentiam tranqüilas. Ela não se afastava um minuto siquér, pacientemente esperava, com fé em Deus, a chagada do bebê, confiada na resistência da mãe e nas reações do próprio organismo.
E o milagre acontecia! O bebê nascia realmente. Não se fazia cesariana (naquela época) em nossa cidade.
Seus olhos brilhavam de alegria e segurando-o ainda sujinho de sangue e exclamava: ”É mais um anjinho que Deus me mandou!”.
Cortava o umbigo, fazia curativo enquanto o bebê esguelava! Dava banho ali mesmo, arrumava-o todo cheirozinho, colocando-o ao lado da mamãe, que era só felicidade.
A chegada do nenê era uma grande festa! O pai vinha (depois de horas de aflição, fumando se parar) todo contente e curioso para conhecer o “herdeiro” e os irmãozinhos chegavam, desconfiados, querendo ver o nenê que a cegonha trouxera para a mamãe.
E ali, naquele quartinho sem luxo, a felicidade estava presente.
Durante o dia o bebê permanecia ao lado da mãe, recebendo as visitas de praxe. Como não existia berçário, a noite Irmã Beata levava-o para seu quarto, para a mamãe dormir tranqüila. Isto era maravilhoso! Saber que seu filho estava protegido pelas mais santas mãos.
No dia seguinte, depois do café, ela aparecia no quarto, com aquele sorriso constante dizendo: “Está aqui o seu filhinho, procedeu como um anjo, mas agora ele quer mamar.”.
Apesar das dificuldades da Santa Casa as pacientes eram tratadas como princesas. A comida caprichada e leve; pirão de frango e variada, tudo com muito cuidado para não “quebrar o resguardo”. No café da manhã e no lanche, biscoitinhos caseiros deliciosos (feitos por Irmã Beata) e a noite um chasinho de canela para recuperar as forças.
Com tamanha mordomia, a mamãe não tinha pressa em sair e se esbaldava 8 a 10 dias. Quanto ao pagamento (nada estipulado) ficava á critério do cliente que dava o que podia,ou queria.
Este tratamento era para todas as pacientes, sem distinção de classe ou de cor.
Devemos louvar, agradecer e bendizer aqueles pioneiros desta grande Instituição, que no passado trabalhavam tanto para que ela crescesse e se transformasse neste Hospital que é hoje: Irmandade Nossa Senhora das Nercês, uma potência em todas as áreas da medicina, com aparelhamento mais modernos, assistência médica com um atendimento para ninguém botar defeito.
Pena que a Irmã Beata, que tanto lutou, não esteja aqui hoje para ver o seu sonho realizado.
Há muito ela se foi. Está no céu. Os anjos devem entoar.-lhe lindos cantos e rodeada por eles, fazendo jus ao que ela fez aqui na terra, durante toda sua vida: salvando vidas e recebendo anjos, os lindos anjos de nossa terra!

(N. da Redação: Ruth Tupinambá Graça, de 94 anos, é atualmente a mais importante memorialista de M. Claros. Nasceu aqui, viveu aqui, e conta as histórias da cidade com uma leveza que a distingue de todos, ao mesmo tempo em que é reconhecida pelo rigor e pela qualidade da sua memória. Mantém-se extraordinariamente ativa, viajando por toda parte, cuidando de filhos, netos e bisnetos, sem descuidar dos escritos que invariavelmente contemplam a sua cidade de criança, um burgo de não mais que 3 mil habitantes, no início do século passado. É merecidamente reverenciada por muitos como a Cora Coralina de Montes Claros, pelo alto, limpo e espontâneo lirismo de suas narrativas).
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38594
De: Márcio Alexandre Xavier Data: Sex 12/9/2008 21:00:13
Cidade: Montes Claros
E-mail: maxavier@oi.com.br
Amanhã dia 14 de setembro dia em que a liturgia lembra da exaltação da santa cruz, iremos lembrar do 2º ano de falecimento do inesquecível Dom José Mauro ex- Bispo da Diocese de Janaúba - MG. Pela Cruz a Luz, era seu lema episcopal. Vítima de um acidente automobilistico. Apesar de não ter convivido muito com ele, mas lembro muito quando ela chegava no seminario Maior aqui da Arquidiocese de Montes Claros, para visitar seus seminarístas com um jeito simples, humano e olhar de verdadeiro pastor que cuidava muito bem de seu rebanho. que o senhor nosso Deus dê a ele a recompansa. e a vida eterna.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38593
De: carmen Netto Data: Sex 12/9/2008 20:22:24
Cidade: Bhte
Cidade Magia

Dia 02.09.08, li no jornal “Hoje em Dia” uma crônica do ótimo Tião Martins, com o título “Além da Festa I” em que ele ressalta o privilégio de nascer em Montes Claros, ou da vontade de ter nascido ou vivido em Montes Claros. “Continua escrevendo que Montes Claros é surpreendente pela paixão sem limites que mobiliza pessoas nascidas naquela cidade de elevadas temperaturas tanto na rua quanto no coração do povo”. A crônica fala de um encontro em novembro de uma geração sexagenária.
Depois deste preâmbulo, confirmei na tarde desse mesmo dia a verdade dessas assertivas. Tomei um táxi em companhia de Cida Maia e Ana Eulina, esta, agregada muito querida às meninas de Montes Claros, para irmos ao aniversário de uma amiga. Calor de matar, umidade de clima de deserto e para completar trânsito engarrafado. Para passar o tempo comentávamos que só com a paciência de um monge Zem budista não iríamos nos estressar. O taxista, muito gentil e
educado, pediu licença e participou da conversa, dizendo que tinha passado uma semana no interior a 500 Km de Belo Horizonte e tinha regressado com a energia renovada, apto a enfrentar o trânsito caótico da cidade.
Cida perguntou-lhe aonde tinha ido, e ele respondeu: Capitão Enéas, no norte de Minas, onde um cunhado tinha um terreno. Na volta passou em Montes Claros para matar a saudade e fazer compras no Mercado Municipal. Era natural de Montes Claros. Identificamo-nos como Montesclarenses e foi uma alegria só! Esquecemos o calor, a baixa umidade do ar e o engarrafamento do trânsito. Este se apresentou como João Oliveira, mora aqui em Belo Horizonte há 38 anos. Veio para educar os filhos os quais, hoje, são todos formados e bem estruturados na vida, e daqui a dois anos irá se aposentar e voltar para o seu rincão.
Naquele momento, como num passe de mágica, um fio invisível nos uniu numa conversa animada e alegre. Acredito que o Montesclarense traz no DNA o perfume do Pequi, e desencadeia um clima que abre o coração e alma ao encontrar um dos nossos. Ele nos falou da fartura do Mercado Municipal e que trouxe tudo de bom que lá encontrou: Carne de Sol, Pequi (congelado), requeijão, queijo curado, andu, farinha do Morro Alto, beiju, cachaça, marmelada de São João do Paraíso, geléia de mocotó, maxixe etc...
Cida Maia, excelente gourmet e também gourmand – cozinha divinamente – começou a trocar receitas com nosso taxista. A conversa cada vez mais animada, o trânsito cada vez mais parado e nós cada vez mais falantes, tirando da memória afetiva os cheiros, os sabores e as cores do sertão.
Naquele instante fechei os olhos e num mergulho transitei pelas ruas, algumas calçadas, outras poeirentas, fiz curvas que ficaram registradas no meu ser. Montes Claros de minha infância era uma cidade provinciana, uma cidade muito humana em que um parava o outro na rua e dizia: Passa mais tarde lá em casa para um café, se abraçava e se dava as mãos. A cidade cresceu, é um pólo irradiador do progresso, um grande centro universitário, mas acredito que a proximidade continua através das gerações, dos amigos dos amigos. Mantêm com orgulho sua cultura regional e cultiva a disponibilidade em tocar o outro.
“Seu” João acalenta o sonho de retornar à Terra Natal. Está encantado com os novos bairros, as largas avenidas, mas tem uma reclamação a fazer: o descaso da municipalidade com a arborização da cidade. Praças antigas viraram cimentódromos como a Praça Dr. Carlos, e está preocupado com o que vão fazer com a Praça Dr. Chaves, onde namorou e viveu ternos momentos com sua hoje esposa.
Chegamos ao nosso destino. Saímos daquele táxi com uma saudade danada daquela cidade sertaneja, cercada pelos Montes Claros, e daquela gente que tem uma característica gastronômica peculiar e que tem como ritual realizar-se em torno de uma farta mesa. Nesta mesa, com todos os aromas e sabores da cidade, namora-se, joga-se conversa fora, fecham-se negócios, trocam-se receitas.
Uma saudade danada de uma gente chegada a serestas, poesias, festas de Agosto, lua cheia e amizade!
Um orgulho de encontros da prosa e do verso, de um sem número de artistas das letras da música, das danças folclóricas. Inspiração de Cyro dos Anjos, Darcy Ribeiro, Hermes de Paula, de Candido Canela e João Chaves.

Carmen Netto Victória
Set/2008
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38591
De: M. das Graças Data: Sex 12/9/2008 19:08:52
Cidade: Montes Claros
12/09/08 - 11h45 - Juiz eleitoral atende clamor da população de M. Claros e exige que candidatos cumpram a lei; equipamentos do barulho serão apreendidos

Com o forte calor e a baixíssima umidade do ar de hoje à tarde, não estamos podendo abrir as janelas de nossas habitações no centro de Montes Claros, por causa do barulho, principalmente do provocado pelos políticos, sem falar nos demais. Os candidatos estão enlouquecidos pelo poder e não respeitam nenhuma lei. Não adiantou o juiz exigir o cumprimento da lei. Não mudou nada. Hoje está um inferno, desde que o dia começou. Há comboio de carros de um mesmo candidato, um atrás do outro, no volume máximo, passando sem parar nas nossas portas, o dia inteiro. Não respeitam a lei, não respeitam o juiz que aplica a lei, não respeitam os eleitores - o que afinal querem fazer na prefeitura se desde já se comportam como reles malfeitores? (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 38590
De: RENATO Data: Sex 12/9/2008 18:45:35
Cidade: Santa Cruz de La Sierra  País: Bolívia
Tem-se notícia que mais de 200 braileiros já sumiram nestes últimos dias na Bolívia. Vim para a Bolívia para estudar por vários motivos:Estima-se que entre 4 mil e 7 mil brasileiros vivam em Santa Cruz de la Sierra - a maioria universitários nascidos no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Acre.
As universidades são mais baratas na Bolívia do que no Brasil e neste país vizinho não existe vestibular. Por isso, os cursos de medicina e engenharia, principalmente, são freqüentadas por estudantes brasileiros nas universidades de Santa Cruz de la Sierra.
Além dos universitários, moram na cidade ainda os brasileiros que cultivam soja no país, porém com menor presença que tempos atrás. Este total de brasileiros que vive oficialmente na capital de Santa Cruz poderia aumentar a partir da realização desta matrícula consular.
Estima-se que este número poderia saltar para mais de 10 mil.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores:


Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Últimas Notícias

31/10/14 - 11h
Há previsão de 10mm de chuva, hoje, e praticamente mais nada, para M. Claros, até 9 de novembro

31/10/14 - 10h58
M. Claros perde ao amanhecer um dos seus filhos, não nascido aqui, que mais ajudou a cidade nos últimos 40 anos. Infarto matou João Bosco Martins, que celebrizou a antiga fábrica de cimento

31/10/14 - 10h
Homem foge de assaltantes em M. Claros, leva tiro pelas costas e, sangrando, conduz moto até hospital

31/10/14 - 9h
Prefeitura não funciona hoje, Dia do Servidor, mas comércio e bancos seguem trabalhando

31/10/14 - 8h
Juro do cheque especial alcança 183% em setembro, maior percentual desde 1999

31/10/14 - 7h
Claro, Vivo e Oi fecham acordo para comprar a TIM e reparti-la em três – avança jornal paulista


30/10/14 - 18h
Técnico do Atlético vê decisão em aberto contra Flamengo no Mineirão

30/10/14 - 17h10
Chile se torna o 1º país da América Latina a plantar maconha para uso medicinal

30/10/14 - 16h
Pesquisadores brasileiros descobrem Viagra de pimenta 50% mais potente

30/10/14 - 15h
Brasil já tem 828 casos da febre chikungunya, doença prima da dengue

30/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Banco Central eleva juros para 11,25% ao ano, 3 dias após eleições” - “Caixa vai ampliar crédito para a compra de veículo”

30/10/14 - 13h
Militar que matou Osama Bin Laden revelará sua identidade na TV

30/10/14 - 12h
Mulher de 29 anos, com câncer sem cura, marca o dia da morte - sábado que vem, e vira assunto nos EUA

30/10/14 - 11h
Com a alta da Selic, Brasil tem, de novo, o juro mais caro do mundo

30/10/14 - 10h
Derrota obriga Atlético a buscar nova recuperação em casa na Copa do Brasil

30/10/14 - 9h
Motoboy que levou tiro na testa em assalto no Alto de São João passa por cirurgia. Seu estado é grave

30/10/14 - 8h
Diminui a chance de chuva em M. Claros - 10 milímetros, hoje, e 2 amanhã; a de ontem, de 18mm, ficou em chuviscos

30/10/14 - 7h
Acidente entre ônibus (que chegava a M. Claros) e carreta mata 4 e deixa 16 feridos perto do Canto do Engenho


29/10/14 - 18h
Em boa fase, Atlético e Flamengo iniciam hoje fase semifinal da Copa do Brasil

29/10/14 - 17h
Cruzeiro recebe o Santos pela semifinal da Copa do Brasil e precisa “fazer a lição de casa”

29/10/14 - 16h
Tribunal de Justiça do Rio condena Record a pagar 100 mil reais a Xuxa por ter mostrado foto dela nua

29/10/14 - 15h
Pela 3ª vez, ator Hugh Jackman, o Wolverine, volta a tratar câncer de pele no nariz

29/10/14 - 14h
Recusa da extradição de Pizzolato pode abrir precedente “muito perigoso” para o Brasil, afirma procurador-geral da República

29/10/14 - 13h
Manchetes dos jornais: “Câmara impõe 1ª derrota a Dilma após a reeleição” - “Câmara derrota Dilma e veta conselhos populares” - “Rebelião na base aliada provoca 1ª derrota de Dilma após a reeleição“

29/10/14 - 12h
Minas tem 45 mortes e quase 45 mil casos de dengue em 2014 – revela Secretaria de Saúde

29/10/14 - 11h
Chuva em M. Claros desde ontem foi de 40mm; pela meteorologia, pode chover 18mm hoje e 15 amanhã

29/10/14 - 10h
Depois de se casar com mulher sequestradora na prisão, Richthofen quer ser mãe

29/10/14 - 9h
Brasil sobe 3 posições, mas fica atrás do Equador, Chile e México, em ambiente de negócios – mostra ranking

29/10/14 - 8h
Bolonha nega extradição e ex-diretor do Banco do Brasil é solto. Governo vai recorrer

29/10/14 - 7h
Câmara derruba decreto de conselhos populares, 2 dias após a reeleição


28/10/14 - 18h
Supremo promete julgar, amanhã, troca de aposentadoria

28/10/14 - 17h
Técnico do Atlético elogia Carlos, mas diz que atacante ainda precisa evoluir

28/10/14 - 16h05
19% dos estudantes dos EUA trocam imagens sexuais pelo celular, aponta estudo

28/10/14 - 15h
Cruzeiro "esquece" Brasileirão e se concentra na Copa do Brasil. Santos diz não temer a Raposa

28/10/14 - 14h08
"O suspeito, um jovem de 18 anos que ainda estava internado no local, e mais dois adolescentes conseguiram fugir após o crime.(...) O homem que teria matado (...) é conhecido no meio policial por furtos e roubos em Janaúba e Montes Claros"

28/10/14 - 14h
Para o papa, Big Bang e Teoria da Evolução não contradizem a lei cristã

28/10/14 - 13h
Manchetes dos jornais: “Dilma busca para a Fazenda nome do mercado financeiro” - “Dólar dispara e ações da Petrobras desabam” - “Congresso já reage a proposta de plebiscito”

28/10/14 - 12h
Seis alemães, Messi, Cristiano Ronaldo e Neymar estão entre os indicados à Bola de Ouro de melhor jogador

28/10/14 - 11h
Condenada pela morte dos pais, Suzane Richthofen deixa ala evangélica, abre mão da liberdade e se casa com mulher seqüestradora

28/10/14 - 10h38
"Vivemos sob risco permanente, não apenas pelos que nos impedem de circular tranquilamente pelas ruas, de ir e vir ao trabalho, do exercício do ofício que nos dá sustento e à família"

28/10/14 - 10h
Menor de 14 anos é morto por outro, de 18, em centro de acolhimento instalado em área residencial

28/10/14 - 9h
Choveu 30 milímetros em M. Claros, logo cedo - quase o triplo da previsão. O tempo segue "carregado", e há mais chuvas até quinta

28/10/14 - 8h08
"Chuva de encher rio já há 25 minutos em Montes Claros. Chuva uniforme, vigorosa, comportada, sem raios e trovões. Chuva de lavar os ares, de acender a iluminação das ruas. Chuva de Deus, chuva da infância, quando a cidade toda rumava para a beira do rio Vieira, para ver a enchente chegar e passar, ir, levando grandes toras, e..."

28/10/14 - 8h
11 estudantes, de até 16 anos, e professora morrem em acidente com ônibus escolar no interior de S. Paulo

28/10/14 - 7h
Presidente Dilma afirma que quer dialogar, e que não vai fazer choque na economia


27/10/14 - 18h
Galo e Raposa "secam"o São Paulo, que hoje enfrentará o Goiás pelo Brasileirão

27/10/14 - 17h03
Atlético chega ao centésimo gol na temporada e é o líder do returno do Brasileirão

27/10/14 - 16h50
Votos brancos e nulos em M. Claros somam 11.062 no segundo turno. 210.925 votaram (82,7%)

27/10/14 - 16h43
Falso funcionário exige 2.700 reais para "agilizar" serviço da Cemig em M. Claros programado para o ano que vem

27/10/14 - 16h03
Eleitor tem 60 dias para justificar ausência na votação de ontem

27/10/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Dilma é reeleita na disputa mais apertada da história” - “Reeleita, Dilma prega união e reforma política” - “Uma presidente, dois Brasis”

27/10/14 - 14h
Cruzeiro terá sequência de jogos em casa para espantar má impressão

27/10/14 - 13h
Brasil assina contrato de 13,4 bilhões de reais para compra de 36 caças suecos, que virão entre 2019 e 2024

27/10/14 - 12h02
Resultados ainda extraoficiais de Montes Claros: Dilma, 124.127 votos, 62,05% - Aécio, 75.916 votos, 37,95%

27/10/14 - 12h
Três ficam feridos, na Ponte Branca, em capotamento de ônibus que vinha de Brasília para M. Claros

27/10/14 - 11h45
"...escalávamos um robusto pé de goiaba encostado no muro divisório para nos deliciarmos vendo, pelas frestas do telhado, as funcionárias da fábrica tomarem banho para retirar o suor e a fuligem do café"

27/10/14 - 11h
Jornais estrangeiros destacam desafio "ao final de uma campanha duríssima, cheia de denúncias e acusações mútuas"

27/10/14 - 10h
Anvisa descarta que passageiro isolado em aeroporto do Rio esteja com ebola

27/10/14 - 9h
PMDB elege o maior número de governadores (7) e a 2ª maior bancada na Câmara (66 deputados)

27/10/14 - 8h
M. Claros amanhece e segue com chuva. Pode chover 39 milímetros hoje, 12 amanhã, 16 quarta e 26mm quinta

27/10/14 - 7h
Reeleição de Dilma foi a eleição mais apertada desde 1989 - 51,64% contra 48,36%


26/10/14 - 14h30
67 votos de urna eletrônica deliberadamente queimada por eleitor, com gasolina, em Porteirinha, estão preservados. Segue a votação


25/10/14 - 18h
Câncer de mama atinge 156 mulheres por dia no Brasil

25/10/14 - 17h
Pesquisa mostra que brasileiro troca futebol por musculação

25/10/14 - 16h
Mais seguro país da América Latina, Uruguai vai decidir amanhã se reduz maioridade penal de 18 para 16 anos

25/10/14 - 15h
Em véspera de eleição, 31ª rodada do Brasileirão tem 10 jogos

25/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Enem – Ministério Público quer fraudadores presos” - “Supremo decide na quarta ação da troca de aposentadoria”

25/10/14 - 13h
Cruzeiro aposta em bom retrospecto, hoje, contra o Figueirense

25/10/14 - 12h
Previsão é de 2mm de chuva hoje, 2 amanhã, 12 segunda e 21, terça, em M. Claros. (Às 16h, a meteorologia alargou a chuva que vê)

25/10/14 - 11h
Por causa do fuso horário, Brasil só vai saber quem é o presidente às 20 horas de domingo, 17h no Acre

25/10/14 - 10h
Mega-Sena sorteia hoje prêmio de 60 milhões de reais, um dos maiores do ano. (Apostador de Sergipe ganhou com os n°s 12-17-23-38-53-54)

25/10/14 - 9h
Líder do returno, Atlético defende hoje às 18h30, vaga no G-4 contra o Sport. A 98 FM vai transmitir

25/10/14 - 8h
Nível dos reservatórios do sudeste é inferior ao registrado em outubro de 2001, ano do racionamento

25/10/14 - 7h
Minas novamente impõe a lei seca a partir do amanhecer do domingo de eleição


24/10/14 - 18h03
Zagueiro Tiago pode estrear, amanhã, no jogo do Atlético contra o Sport

24/10/14 - 17h01
Chuva de meteoros (20 por hora, ao amanhecer ) pode ser vista até 7 de novembro. Olhe para o céu, a nordeste

24/10/14 - 16h
Cálculos mostram que perda no rendimento do FGTS pode chegar a 35 bilhões de reais em 2014

24/10/14 - 15h
Dunga diz que atletas aprovam cartilha que veta até celular e chinelo

24/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Polícia Federal indicia 17 por fraude no Enem” - “Supremo reduz o desconto do Imposto de Renda no pagamento dos atrasados”

24/10/14 - 13h
Roberto Carlos veta legendas em livro e chora com foto da ex-mulher Maria Rita



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização