Um olhar sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros
(38) 3229-9800
 
Conheça-nos
Principal
Mural
Eu te procuro
Clamor & Broncas
Músicas de M. Claros
Hoje na história
 de M. Claros
Montes Claros
 era assim...
História
Memorial de
 João Chaves
Memorial de
 Fialho Pacheco
Reportagens
Concursos
Colunistas Convidados
Notícias por e-mail
Notícias no seu site
Fale conosco
 
Anuncie na 98 FM
Ouça e veja a 98 FM
Conheça a 98 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 98
Previsão do tempo
 
Anuncie na 93 FM
Ouça a 93 FM
Peça sua música
Fale com a Rádio
Seja repórter da 93
Publicidade
 
Wanderlino Arruda
Alberto Sena
Augusto Vieira
Avay Miranda
Carmen Netto
Dário Cotrim
Davidson Caldeira
Efemérides - Nelson Vianna
Enoque Alves
Flavio Pinto
Genival Tourinho
Gustavo Mameluque
Haroldo Lívio
Haroldo Santos
Haroldo Tourinho Filho
Hoje em Dia
Iara Tribuzzi
Isaías
Isaias Caldeira
João Carlos Sobreira
Jorge Silveira
José Ponciano Neto
José Prates
Luiz de Paula
Luiz Ortiga
Manoel Hygino
Marcelo Eduardo Freitas
Marden Carvalho
Maria Ribeiro Pires
Mário Genival Tourinho
Oswaldo Antunes
Paulo Braga
Paulo Narciso
Petronio Braz
Raphael Reys
Raquel Chaves
Roberto Elísio
Ruth Tupinambá
Ruth Tupinambá Graça
Saulo
Ucho Ribeiro
Virginia de Paula
Waldyr Senna
Walter Abreu
Wanderlino Arruda
Web - Chorografia
Web Outros
Yvonne Silveira
 
Atuais
Panorâmicas
Antigas
Pinturas
Catopês
Obtidas por satélite
No Tempo de Lazinho
Estrada Real Sertão
Mapa de M. Claros
 

10/9/2014 -"...teve até o desfile de um mendigo novo, supostamente drogado, que andou pelo centro, o quarteirão fechado da rua Simeão Ribeiro, completamente nu, exibindo-se". A crescente degradação da Praça da Matriz e vizinhança pede:

»1 - Policiamento mais rigoroso
»2 - Redefinição do uso da praça que é o marco zero da cidade
»3 - Outra reforma física
»4 - Maior empenho das autoridades no cumprimento das leis
»5 - Uma recuperação em todos os sentidos

» Ver resultados «




Buscar no Site


Previsão do tempo

Digite uma cidade:

Busca no



 
 



Jornalismo exercido pela própria população



Deixe sua notícia neste Mural, clique aqui para enviar.
(Seja objetivo e escreva no menor espaço possível. Se preferir, coloque seu e-mail; se desejar, coloque também endereço e telefone. As mensagens - preferencialmente de inspiração noticiosa - serão publicadas a critério da redação. Textos que ferem as leis serão sumariamente descartados, assim como mensagens agressivas ou que pretendam apenas criar polêmica e discussão estéril.Pede-se, com empenho, que as mensagens não sejam redigidas em letra de caixa-alta (letras maiúsculas), que em linguagem de internet equivalem a falar gritando. As mensagens aqui postadas não representam a opinião do montesclaros.com; a responsabilidade pertence ao autor da mensagem).



Ir para mensagem N°:
Por data:

Mensagem N° 51866
De: Gilberto Data: Dom 8/11/2009 10:15:10
Cidade: M.Claros
Foi uma noite/madrugada de muito, muito barulho em Montes Claros. Barulho generalizado, em forma de muitos shows por vários pontos. Pessoas agora cedo procuram identificar os focos do barulho que tiraram o sono da cidade. É mais um atestado público, visível por todos, do fracasso, novo fracasso, da secretaria do 1/2 ambiente. Gostaríamos que o senhor prefeito revelasse o custo mensal desta ineficientíssima secretaria, que tem no seu topo o irmão do presidente da câmara de vereadores.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51858
De: Paulo Roberto Paraíso Data: Sáb 7/11/2009 19:25:54
Cidade: Maringá/PR
E-mail: paulo@deq.uem.br
Tenho lido as mensagens escritas pelo Waldir Sena. Este é craque! Esta na categoria do Elio Gaspari, do Heitor Coni e outros bons do jornalismo brasileiro.Parabéns!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51857
De: Tilde Data: Sáb 7/11/2009 18:50:35
Cidade: M.Claros
Na porta da loja Walmart em M. Claros tem uma placa. Inauguração dia 12 de novembro.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51856
De: T. Duarte Data: Sáb 7/11/2009 17:30:08
Cidade: Montes Claros
De maneira geral, está deficiente o serviço de telefonia celular em M. Claros. Serviços que deixam de funcionar, que funcionam precariamente, que não conectam, etc., com grande frequência. Antes, ainda se podia falar em desempenho melhor de uma outra companhia. Agora, a coisa se generalizou.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51855
De: Sizenando Data: Sáb 7/11/2009 15:26:53
Cidade: Brasília DF
Brasília sabe de quase tudo, e comenta tudo. A concorrência de uma emissora FM em Montes Claros, marcada para o dia 27 de novembro, terá lance de 2 milhões de reais, ou alguma coisa a mais. Estão na disputa, já confirmados, várias igrejas evangélicas e políticos ligados a M. Claros, e de fora, mas com forte interesse eleitoral na região. A emissora é classe C, com potência inicial de 300 Wats. O que levanta o valor é o uso político e/ou ouso de natureza religiosa da emissora em concorrência. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51854
De: Professor Data: Sáb 7/11/2009 12:42:22
Cidade: Montes Claros/MG
Lincoln, Aqui em Minas Gerais um policial em carreira inicial recebe aproximadamente R$1800 liquido, para uma jornada de 1 dia de trabalho para 3 dias de folga, sem contar a não exigência de curso superior, como ocorre em Brasília. Já um professor com curso superior em Minas Gerais, com carga horária de 30 horas semanais recebe R$330 de piso, menos de um salário mínimo e com todas vantagens o salário não passa de R$750. Agora te pergunto, o que é mais importante priorizar? Será que a educação deve ficar sempre só no discurso? Dizer que a profissão de Professor é a mais importante do mundo, com está fazendo o governo na tv não basta. Com um salário mísero desse para quem ficou mais de 4 anos numa universidade é mais vantagem ser qualquer coisa, menos professor! Será que irão dar novo aumento aos militares mineiros e esquivarem daqueles que o formaram por toda uma vida?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51853
De: Antunes Data: Sáb 7/11/2009 12:06:29
Cidade: Moc
Abriram buracos para plantar - árvores? - na duplicada avenida Magalhães Pinto. A grama ali colocada, a maior parte dela morreu - restou mato. Nas imediações do novo Walmart, onde funcionou a fábrica de óculos Sion, de madrugada começaram a colocar meio-fio, separando as pistas da avenida Plínio Ribeiro. Suponho que a entrada da loja da rede norte-americana (a ser inaugurada dia 15?) se dará pela avenida Plínio Ribeiro, no sentido Cowan/Batalhão PM. Já a saída, creio que será pela Dulce Sarmento, no sentido trevo/Villefort. Ainda assim, transformando todo aquele trecho num corredor de sentido obrigatório, não será pacífico o tráfego.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 51852
De: Hoje em Dia Data: Sáb 7/11/2009 11:51:03
Cidade: Belo Horizonte
Atraso em obras adia início das aulas em Moc - Não há previsão de conclusão do prédio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais - Girleno Alencar O atraso nas obras de construção do prédio levou o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais a adiar o início das aulas em Montes Claros. E não há previsão de quando elas podem começar. De acordo com o reitor Paulo César Pinheiro Azevedo, as obras deveriam ser concluídas em outubro, mas estão com apenas 30% dos serviços realizados.
Os trabalhos começaram em setembro de 2008, na véspera da eleição, o que gerou muita polêmica. O reitor somente pode abrir o vestibular e marcar o concurso público para contratação dos professores e servidores depois que o prédio estiver concluído. A expectativa de Paulo César Pinheiro é de que as aulas comecem em agosto de 2010, com risco de serem adiadas para 2011 em razão do período eleitoral.
As obras estão sob responsabilidade do Cefet-MG, que contratou, por meio de licitação, a empresa Engef, de Brasília, para execução dos serviços. O contrato será rescindido em dezembro em função do não cumprimento do prazo estabelecido para entrega do prédio.
O coordenador de Infraestrutura do Cefet-MG, Rodrigo Manoel Pires Amaral, salienta que a empresa usa vários argumentos para justificar o atraso, como as chuvas ocorridas em novembro e dezembro do ano passado.
Nesta sexta-feira (6), o HOJE EM DIA tentou contato com a empresa, que fica em Brasília, sem êxito. A obra ficou paralisada quase um mês, em outubro, durante período de greve dos trabalhadores por falta de pagamento.
De acordo com o reitor do instituto, Paulo César Pinheiro, a instituição terá unidades em Montes Claros, Januária, Salinas, Pirapora, Arinos, Almenara e Araçuaí, e já abriu o vestibular para as unidades de Januária e Salinas, que absorveram as escolas técnicas existentes antes.
Em janeiro, será realizado o de Almenara, Araçuaí e Arinos, com a conclusão das obras do prédio do campus local. Em Pirapora, a sede ficará pronta em fevereiro e as aulas deverão começar em agosto. A única indefinição é sobre Montes Claros. Ele lamenta esta situação e explica que já repassou o quadro para o Ministério da Educação (MEC).
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia é instituição de educação superior, básica e profissional, pluricurriculares e multicampi, especializados na oferta de educação profissional e tecnológica nas diferentes modalidades de ensino, com base na conjugação de conhecimentos técnicos e tecnológicos às suas práticas pedagógicas.
Estas instituições deverão ter forte inserção na área de pesquisa e extensão, visando estimular o desenvolvimento de soluções técnicas e tecnológicas e estendendo seus benefícios à comunidade. Metade das vagas será destinada à oferta de cursos técnicos de nível médio, em especial cursos de currículo integrado.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51851
De: Web - Chorografia Data: Sáb 7/11/2009 11:00:48
Cidade: Montes Claros
Transcrição da Revista do Archivo Público Mineiro, editada em Ouro Preto, então capital de Minas, em 1897. O conteúdo, doze anos antes, em 1885, saiu no primeiro jornal de Montes Claros, “Correio do Norte”, fundado e editado pelo autor – o depois desembargador Antônio Augusto Veloso, pai da imprensa de Montes Claros. É o mais antigo documento sobre a história de Montes Claros - Parte 37 - (As partes anteriores estão arquivadas na seção Colunistas - Web - Chorografia)



(Continuará, nos próximos dias, até a publicação de toda a "Chorografia")
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51850
De: Raphael Reys Data: Sáb 7/11/2009 09:08:45
Cidade: Moc - Mg  País: Br
E-mail: raphaelreysmoc@yahoo.com.br
O APURADO DA MALANDRAGEM

(série Bandeira 2)
Dos tipos exóticos que circulavam nos salões do Bandeira 2, consta um militar que, expulso da corporação por excesso de malandragem e sendo solteiro, partiu para o golpe do baú. Noivou com uma viúva abarrufada de grana de herança, conduzindo-a ao altar.
Como padrinhos de casamento foram convidados Manoel do Bandeira 2 e um Alívio (advogado porta de cadeia). O padre (Pássaro Preto) contratado, para seu azar, era também malandro. Um fugitivo das capitais que entrou na batina para se dar bem. Ministrava e fazia os crédulos de uma cidade campesina próxima.
O Pássaro Preto sacou o noivo malandro e aplicou o contra-agá na hora da cerimônia. Perguntou: Seu casório é vento, ou é bandeira? O noivo respondeu: Ventolino! O pássaro preto prosseguiu: É fechamento (matar a noiva após o casamento) ou lavatório (deixar a esposa após o casamento)? O noivo respondeu: Lavatório!
Definido o tipo da aplicação na noiva o Pássaro Preto faz a conclusão: É brancolino? (uma parte come a grana sozinho) ou rachulino (o Pássaro Preto leva uma boa parte)? O noivo respondeu: É rachulino!
Nessa altura, o padre pergunta sobre sua garantia em receber sua parte depois do ofício realizado: Qual é a minha garantia? O golpista retrucou: Meus padrinhos, o Alívio aqui e Seu Manoel do Bandeira 2, que são meus amigos!
Selado o acordo dos dois malandros da vida, o Picão ganhou de presente de casamento uma grande empresa, e o Pássaro Preto ficou barrufado de vento. Tudo resolvido segundo o código 171 da malandragem!
Como a convivência com a clientela, maioria de malas com e sem alças, seu Manoel do Bandeira 2 numa ocasião, viajou de carona com o famoso Joaquim Vermelho (famoso vendedor de carteira falsa para motorista e intermediário em contratos de pistolagem) para Belo Horizonte.
Joaquim, cobra mais do que criada na noite, mestre da chaveta e do contra-agá, pisava fundo no acelerador a 140 por hora. Mal sabia o carona que o homem estava trincado de tanto mandar fumaça baiana para o cabeçote.
Olhar inflamado, vermelho que nem um pimentão perguntou:- Manoel, aquele carro lá na frente esta vindo ou indo? Percebendo o rabo de foguete no qual entrara, Manoel respondeu:- Encosta a direita e para, que ele tá doido e vai passar raspando!
Parado o veículo, Manoel tirou a chave do painel e convenceu o homem a ir dormindo no banco de trás. Ele estava tão trincado que não sabia que estava dirigindo.
A noite tem o seu tom exótico e Branquinho, um malandro sarará novo no pedaço, queria fazer fama de valente, e como já tinha aleijado um assaltante a tiros, resolveu copiar Saluzinho e saiu à procura de um confronto com os da lei. Estava a fim de ir para a capa da revista!
No Caldo de Mocotó próximo encontrou Robertão, policial militar, o maior valente da cidade. Deu um coro no homem, o cortou de faca e só não matou, porque foi imobilizado pelo Negão Torresmo, professor de artes marciais.
Dias depois, estando embriagado foi morto a facadas por uma dama da noite na qual aplicara uma finta.
À noite as ruas têm seus prazeres e seus castigos! Quando o malandro cai e o castigo pega, urra sozinho e apanha que nem cachorro sem dono. A noite não tem revertério, caiu para dentro está batizado.
Malandro é malandro, e macaco é 17. De tudo o que Deus fez, o malandro é a cria pior. Só dá prijú!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51848
De: Luiz Ortiga Data: Sáb 7/11/2009 00:43:11
Cidade: Brasilia/DF
E-mail: luizortiga@gmail.com
Montes Claros dando o seu recado - Agora à noite, estivemos no restaurante Carpe Diem(em latim :aproveite o dia), para prestigiar o conterraneo Reynaldo Velloso Souto, no lançamento dos livros MONTES CLAROS-Historias do Rey, VOL I e MONTES CLAROS,Ediçãp do sesquicentenário. Foi um sucesso total.Altamente prestigiado, o nosso amigo Rey Souto era só felicidade. Foi grande o número de pessoas que lá estiveram para adquirir os volumes que falam de
Montes Claros, sua gente e suas coisas.O comparecimento de amigos e pessoas que desejavam tomar conhecimento da cultura e costumes da Princesa do Norte foi além do esperado. Está de parabéns o Reynaldo Souto que leva o nome de Montes Claros alem fronteira, na capital federal e de parabéns Montes Claros por ter filhos que divulgam as suas belezas e costumes que tanto causam admiração aos demais brasileiros.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51847
De: Lincoln Data: Sex 6/11/2009 21:05:02
Cidade: Brasília DF
O salário inicial de um PM aqui em Brasília, a partir de hoje, é de 4 mil reais. O aumento foi dado por Lula: 68,4%. O presidente foi repetidamente ovacionado na cerimônia do aumento. No Distrito Federal, a PM é paga pelo governo federal. O próprio presidente ja antecipou que o belo salário vai gerar problemas nos demais estados, onde a PM ganha dos governos estaduais. Algumas, pagam apenas 900 reais. Lula sabe que o barulho virá, partido de gente que é armada pelo estado.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51845
De: Ivo Rodrigues Data: Sex 6/11/2009 20:16:37
Cidade: Montes Claros-MG
E-mail: endesbry-g@yahoo.com.br
Ref. mensagens 51832 - Waldyr Senna.Ele é o Cara. Escreveu tudo que nós montesclarenses queria dizer. Deviamos financiar uma outdoor para publicar esta sua postagem.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51844
De: Norberto F. Prates Data: Sex 6/11/2009 20:06:47
Cidade: Montes Claros  País: brasil
Antes mesmo de se pensar em avenida canalizada, onde hoje é a praça dos jatobás e bairro Morada do Sol, em 1979, houve uma enchente com volume de água muito maior que a ocorrida no dia 2 p. passado. A bacia de captação do rio Vieira/Carrapato, é muito grande. 134mm de chuva, para quem não sabe, são 134 litros de água por metro quadrado. O solo não consegue absorver volume tão grande de água.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51840
De: O Tempo Data: Sex 6/11/2009 18:21:28
Cidade: Belo Horizonte
MP investiga suposta fraude em concurso da PM no Norte de Minas - ANNA FLÁVIA NUNES - Uma suposta fraude eletrônica em provas do Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) é investigada pelo Ministério Público Estadual (MPE). A denúncia foi feita por candidatos do concurso no Norte de Minas.Segundo o MPE, ainda não está claro como a suposta fraude ocorreu, mas um inquérito foi instaurado e já foi pedido ao Comando da PMMG cópias dos boletins de ocorrência registrados pelos candidatos.A assessoria do MPE informou que as provas do processo seletivo foram realizadas no início deste ano, mas não informou em quais cidades do Norte do Minas as fraudes teriam ocorrido.Procurado pela reportagem de O Tempo Online, o tenente-coronel Leal, comandante do Centro de Recrutamento e Seleção da PM, disse que ainda não foi informado sobre o caso. "Não chegou nenhum comunicado do Ministério Público", afirmou.
Apesar disso, o tenente-coronel reconheceu que houve uma tentativa de fraude no meio do ano em uma prova do Curso Técnico de Segurança Pública (CTSP) em Montes Claros. "O candidato foi pego com um celular amarrado na coxa e por meio dele receberia informações sobre a prova". Segundo Leal, o candidato foi eliminado da processo seletivo e responde ao inquérito em liberdade.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 51835
De: Luiz Data: Sex 6/11/2009 16:14:50
Cidade: Montes Claros
06/11/09 - 15h51 - "Esta chuva (...) teve inicio (...) próximo a Buriti do Campo Santo (...), saltou a Serra Ibituruna, seguiu para o sudoeste e sul de M. Claros, atingindo as cabeceiras dos córregos Palmital, Vieira, Porcos e Gameleira (...). Daí, seguiu para as bacias dos rios: do Peixe, Cruzeiro, Verde Grande e finalmente (...) o rio das Pedras, (...), o que causou a enchente (...) entre 80 milímetros a 134mm..."

É uma explicação, cheia de dados verossímeis. Contudo, espero por novas chuvas, que confirmarão ou negarão esta hipótese. Isto porque já é observado que o trecho inicial da avenida Correia Machado passou a suportar cheias com chuvas não muito intensas na parte sul da cidade. Esta respeitável hipótese agora levantada, e que aplaudo, será confrontada com a outra, a segunda hipótese. Basta que esperemos as novas chuvas – e não há necessidade de ser chuva torrencial, excepcional. Este trecho do rio, entre a praça dos Jatobás e a entrada do bairro ibituruna, passou a apresentar inundações de um ano para cá. Antes, não havia chuva em M. Claros? – Mas a explicação do Sr. Ponciano é muito benfazeja. Espero que ele esteja certo, para tranquilizar os agora intranquilos moradores daquela região da cidade, especialmente os habitantes do bairro Morada do Sol, que mais sofreram.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51834
De: José Ponciano Neto Data: Sex 6/11/2009 15:39:43
Cidade: Montes Claros  País: Brasil
Lendo a mensagem nº 51831, já fiquei sem entender a preocupação de tantos em saber de onde veio a tromba d’água que causou as inundações tão faladas.Esta chuva que caiu teve inicio (às 18:30 + ou - ) próximo a Buriti do Campo Santo comunidade que fica do lado Oeste do Parque Lapa Grande, saltou a Serra Ibituruna seguiu para o Sudoeste e Sul de Montes Claros atingindo as Cabeceiras dos Córregos Palmital, Vieira, Porcos e Gameleira, este ultimo sua bacia fica entre São Geraldo II e a BR 135, todos contribuíram com as inundações
Daí, ela (a chuva), seguiu para as Bacias Hidrográficas dos Rios: do Peixe, Cruzeiro, Verde Grande e finalmente a Cabeceira do rio das Pedras (às 20:30), que causou a enchente citada na minha mensagem nº 51794, as precipitações variaram entre 80 mm(milímetros) à 134mm, que são consideradas altas para a curta duração. Espero ter tirado duvidas de alguns, e tenho absoluta certeza que a Barragem existente à montante do rio Vieiras que foi motivo da solicitação de um estudo através da Comissão Municipal de Defesa Civil (Comdec), não contribuiu com as enchentes, pelo contrário, serviu de bacia de amortecimento.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51832
De: Waldyr Senna Data: Sex 6/11/2009 14:46:40
Cidade: Montes Claros
A maldição dos buracos

Waldyr Senna Batista

Na primeira trégua concedida pelas chuvas, lá veio a Prefeitura tapando buracos no asfalto, reabertos e multiplicados pelas chuvas torrenciais. E assim deverá acontecer ao longo dos próximos meses.
São os buracos de sempre, tapados dezenas de vezes e que ressurgirão indefinidamente enquanto perdurar esse duro castigo, que lembra o personagem da mitologia grega, Sisifo, condenado a levar imensa rocha ao cume da montanha, mas sendo sempre obrigado a retornar à base. Assim são os prefeitos de Montes Claros, submetidos à faina inglória. Ou seria uma maldição?
Como a maturação do asfalto a frio é de pelo menos 15 dias, e considerando que, nessa época, as chuvas se repetem a períodos inferiores à quinzena, a Prefeitura terá de manter sua patrulha de plantão. E ela terá de assim proceder, certa da inutilidade de seu esforço, porque, quando oposição, o atual prefeito criticava seu antecessor, acusando-o de não atuar com a devida competência.
É lamentável que, na atualidade, a eficiência das administrações seja aferida com base na recomposição da buraqueira das ruas. Anteriormente, o bom prefeito era aquele que pavimentava ruas com produto de boa qualidade, atendidos os requisitos técnicos, como instalação de meio-fio, implantação de redes de água e esgoto, construção de galerias de águas pluviais, além da realização de base e sub-base, com compactação adequada.
Esses cuidados têm garantido o asfalto que aí está, embora remendado e mal conservado, depois de superada em muito a média de vida útil que tecnicamente se prevê(20 anos). Basta lembrar que a primeira rua de Montes Claros a receber asfalto foi a Cel. Joaquim Costa, no trecho onde se localizava o mercado municipal. Em fins de 1967, há portanto 42 anos, o então prefeito Antônio Lafetá Rebello asfaltou aquele quarteirão, como componente da solenidade de inauguração do mercado.
Dali, seguiu asfaltando ruas do centro da cidade, com exceção das que já tinham calçamento, de pé-de-moleque ou paralelepípedos. Para isso, lançou mão da chamada “contribuição de melhoria”, pela qual os proprietários de imóveis pagavam dois terços do custo da obra, cabendo à Prefeitura um terço, representado pela infraestrutura. Esse sistema era constitucionalmente discutível, porque podia configurar bitributação, mas foi suportado sem protestos graças à credibilidade do então prefeito, eleito como candidato único.
Tempos depois, a demagogia eleitoreira levou à substituição desse critério, passando a Prefeitura a assumir o custo total do empreendimento, que começava a chegar aos bairros populares. Surgiu então o chamado “asfalto-sabão”, que priorizava a quantidade em detrimento da qualidade. Ele era aplicado, literalmente, na terra, sem o atendimento dos requisitos garantidores de vida útil.
O resultado é esse que aí está. A atual administração, que não conseguiu zerar nem os buracos que herdou há dez meses, está agora obrigada a tapar as crateras de sempre, que renasceram das águas, e mais os filhotes delas. Os prefeitos Jairo Ataíde e Athos Avelino, justiça seja feita, tiveram o mérito de recuperar consideráveis extensões em ruas de acesso aos bairros Todos os Santos, Morada do Parque, entorno da Praça de Esportes, rua Belo Horizonte e avenida Ovídio de Abreu. O atual, Luiz Tadeu Leite, ainda não teve tempo de mostrar serviço e nem anunciou planos nessa modalidade.
A quantidade de recursos públicos gastos na inglória operação tapaburacos, ao longo de décadas, provavelmente daria para asfaltar, de novo, mais do que o total da área pavimentada existente. Mas prefeito algum concentraria esforços nesse tipo de obra, porque ela não rende votos. Eleitoralmente, é mais conveniente continuar asfaltando ruas “no pó”, para alegria do “povão”, e enterrando dinheiro do contribuinte nos buracos irrigados pelas chuvas.

(Waldyr Senna é o mais antigo e categorizado analista de política em Montes Claros. Durante décadas, assinou a "Coluna do Secretário", n "O Jornal de M. Claros", publicação antológica que editava na companhia de Oswaldo Antunes. É mestre reverenciado de uma geração de jornalistas mineiros, com vasto conhecimento de política e da história política contemporânea do Brasil)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51831
De: Hoje em Dia Data: Sex 6/11/2009 13:04:37
Cidade: Belo Horizonte
Defesa Civil pede estudos de barragem - A Comissão Municipal de Defesa Civil (Comdec) solicitou estudos sobre uma barragem localizada na Região Sul de Montes Claros, para verificar se há ligação com a tromba d’água que ocorreu na madrugada de segunda-feira, na cidade, e afetou 1.600 pessoas. Segundo o presidente do órgão, Madson Malveira, o levantamento técnico foi pedido à Secretaria Municipal de Meio Ambiente. “A princípio, não vejo conexão entre o barramento e a inundação, pois acredito que o local também foi afetado pelas chuvas”, alega Malveira. Ele está elaborando o laudo técnico para ser encaminhado à Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, que definirá as ações de socorro aos flagelados. De acordo com Malveira, os indícios são de que ocorreu uma forte chuva na Serra do Ibituruna e em bairros da Região Sul. Ele alega que não foi possível verificar o nível das precipitações registradas no local, “pois não há estação meteorológica nas imediações”. ”A tromba d’água ocorreu apenas naquele ponto. Nenhuma das estações da cidade teria condições de informar o volume, pois não estão na área”.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51830
De: Vieira Data: Sex 6/11/2009 12:30:02
Cidade: Brasília DF
Aqui em Brasília, o tititi na polítca é em torno da declaração do ex-presidente FHC. Em artigo no último fim de semana, o ex-presidente escreveu, com todas as letras, que o governo de Lula está criando no Brasil um "sub-peronismo". Traduzindo: estaria em curso um projeto piorado do peronismo portenho no Brasil, onde os partidos políticos e demais representações nada valeriam. Todo o poder seria do líder messiânico - o Pèron brasileiro, no caso, ele, Lula. Corre a informação que, agindo assim, FHC quer criar uma cunha entre a classse média e o governo, e entre os pensadores e o governo. Tititi vasto.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51827
De: Ruth Tupinambá Data: Sex 6/11/2009 11:40:22
Cidade: Montes Claros
Bendito Casarão da Fafil

Ruth Tupinambá Graça

Há momentos em nossa vida que não encontramos palavras para traduzirem o que sentimos e o que vai em nosso coração. Foi o que realmente me aconteceu na reinauguração do centenário Casarão da Fafil.
A escada para o segundo pavimento de madeira de lei e o corrimão artisticamente trabalhado (cópia perfeita do antigo) eu fiquei emocionada, recordando-me das milhares de vezes que eu subia e descia aquela escada correndo numa alegria e curiosidade infantil procurando descobrir o que se passava lá em cima nos enormes salões.
Confesso que senti muita saudade. A Fely do meu lado percebeu a minha emoção e perguntou-me: “Dona Ruth a senhora quer ir lá em cima, para matar a saudade?”
Apesar dos meus 93 anos, eu aceitei o convite só que subi muito devagar, degrau por degrau, (as pernas já não são as mesmas) mas a alegria de rever aqueles lugares tão queridos e que tantas recordações me traziam, deram-me forças e consegui.
Percorri todos os cantinhos (e foram tantos) e as lembranças afloraram no meu velho coração, que quase chorei com saudades do que ali passei na várias fases da minha vida.
A minha infância dos 7 aos 14 anos, quando a vida se abria para mim, iniciando ali o meu curso primário no Grupo Escolar Gonçalves Chaves que ali se instalara, até sua mudança para prédio próprio na Praça Dr. João Alves onde funciona até hoje.
Esta foi a primeira etapa da minha vida de estudante e estudante. Eu era apenas uma criança sem maldade, inexperiente, deixando, pela primeira vez, a casa, a família, os brinquedos, para enfrentar uma nova vida, cheia de responsabilidades. Eu estava assustada, insegura. Mas este Casarão acolheu-me, como uma Galinha de longas asas, agasalhando-me, protegendo-me e naquele ambiente tão agradável eu me adaptei logo. Foi um tempo feliz. Tive professores responsáveis, dedicadas, carinhosas. Quando eu já estava na terceira série, (eu me lembro) a minha professora Dona Eponina Pimenta convidava-me para tomar um cafezinho gostoso acompanhando de biscoitos.
Caseiros que a empregada trazia-lhe todos os dias. Naquela época não existia a merenda nas escolas como hoje, então eu adorava aquele convite. Estas lembranças jamais esquecerei, em qualquer parte que eu esteja, ou melhor, que eu viva”!
Fiz um primário bem feito, que me deu base para prosseguir, com sucesso, as outras etapas.
Os anos passaram. A Escola Normal Oficial de Montes Claros foi criada funcionando no mesmo Casarão chegando então a minha vez de fazer o Curso Normal (magistério) era o que a nossa cidade podia oferecer a juventude nos “anos 30”.
Foi o melhor tempo da minha vida. Eu era alegre, sonhadora e tudo me divertia. Recordo-me com saudade das minhas colegas, as conversas no recreio, os segredinhos sobre as conquistas e os namoricos os sucessos e as decepções, todas no auge da juventude e o coração cheio de sonhos e esperanças. E os “Bailes” em benefício da Caixa Escolar eram freqüentes nos grandes salões do Casarão (não havia Clube Social em nossa cidade) eram esperados com a maior ansiedade pois era a única oportunidade de se encontrar com o namorado e dançar de “rosto coladinho” pois, naquele tempo em que tudo era proibido e “pegava mal” às donzelas, isto era uma grande aventura, pois os pais eram muito severos.
Mas muitos namoros começados nos Bailes do Casarão floresceram e realizaram-se em casamentos formando as tradicionais famílias da nossa cidade, das quais existem hoje muitos netos e bisnetos. Eu mesma conheci o meu “Príncipe” num deste bailes, naqueles momentos alegres e românticos.
Hoje fecho os olhos, e procuro me recordar sempre do nosso primeiro encontro. Estas sacadas tão bonitas que vi reconstruídas foram testemunhas das nossas juras e do nosso amor. Nos casamos, mudamos para Belo Horizonte onde moramos dez anos. O destino trouxe-nos novamente para nossa terra. Nestas alturas a Faculdade de Ciências e Letras de Montes Claros estava inaugurada e funcionando no velho Casarão. Cheia de entusiasmo resolvi fazer faculdade. Foi o meu terceiro contato com este Sobradão maravilhoso onde passei minha infância, parte da minha juventude e finalmente o período mais gratificante da minha, já com 56 anos.
No dia da minha formatura em 1976 com 60 anos, ao lado do meu marido, rodeada pelos filhos e netos recebi o diploma de Pedagogia.
Acredite quem quiser, mas eu tenho razão de “paparicar” esse Casarão, ele fez parte da minha vida.
Estou realizada, vendo-o agora lindo, maravilhoso (como conheci no passado) e espero que nele se instale logo o Museu Regional do Norte de Minas, para que eu possa, mais uma vez, usufruir do seu convívio e dele receber as melhores informações.

(N. da Redação: Ruth Tupinambá Graça, de 94 anos, é atualmente a mais importante memorialista de M. Claros. Nasceu aqui, viveu aqui, e conta as histórias da cidade com uma leveza que a distingue de todos, ao mesmo tempo em que é reconhecida pelo rigor e pela qualidade da sua memória. Mantém-se extraordinariamente ativa, viajando por toda parte, cuidando de filhos, netos e bisnetos, sem descuidar dos escritos que invariavelmente contemplam a sua cidade de criança, um burgo de não mais que 3 mil habitantes, no início do século passado. É merecidamente reverenciada por muitos como a Cora Coralina de Montes Claros, pelo alto, limpo e espontâneo lirismo de suas narrativas).
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51825
De: Marcos Paulo Data: Sex 6/11/2009 11:17:42
Cidade: Montes Claros
A situação dessa enchente já foi esclarecida. Como já foi colocado aqui, realmente, o que ocorreu foi uma tromba d`água (denominação originalmente dada para aqueles tornados que se formam encima de lagos, rios e no mar, mas passou a ser usada para essas chuvas fortes e rápidas).
Geralmente, ocorre "em pontos mais altos, nas cabeceiras de rios, é constituído por gigantesca massa de água que cai de uma só vez e concentrada num ponto. Seu volume e força podem abrir grande cratera no local, razão pela qual geraria tragédia de proporções inimagináveis, se a ocorrência fosse dentro de aglomerado urbano". Imaginem uma bacia cheia de água sendo virada de uma vez contra o chão, e não simplesmente virada aos poucos.
O volume de água é muito grande para rios pequenos, verdadeiros córregos, que abastecem o Vieiras. Aliás, a região do Rio São Lamberto já é famosa por tragédias que ocorreram em razão de trombas d`água.
O resultado será sempre este que vimos. Contra a natureza não tem técnico, especialista que dê jeito. A natureza responde da mesma forma que nos a tratamos.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51824
De: Alberto Hospital da Baleia Data: Sex 6/11/2009 09:43:18
Cidade: belo Horizonte/MG
E-mail: albertodomingos@bol.com.br
Titulo da notícia: Acidentes no feriadão mataram 20 pessoas nas estradas de Minas; o mais grave foi na BR 040
Jorge ,Cinara Davdsom pelo seu irmão sempre lembraremos de vcs ,que Deus o tenham,e que as familias tenham força para superar as perdas.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:





Mensagem N° 51823
De: Contribuinte Data: Sex 6/11/2009 09:27:43
Cidade: M. Claros
Mesmo com a possibilidade de escassez da água a nível mundial, e os apelos freqüentes para economizarmos tal recurso, ainda deparamos com desperdícios absurdos. Por ex.: no canal do Rio Vieira em frente à FACIT tem um cano de muitas polegadas jorrando água diuturnamente. Será que nenhum Órgão "Competente" tomou ciência desse esbanjamento. Por favor, tomem providências. A Humanidade agradece.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51822
De: roberto Data: Sex 6/11/2009 09:03:58
Cidade: montes claros  País: brasil
pluviômetro instalado em sitio na região de santa barbara próximo ao posto barral derrama e registra mais de 130 milímetros na noite de enchente em montes claros.com certeza veio dessa região a chuva q causou tanto prejuízo
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51821
De: ARTHUR DUARTE PINTO NETO Data: Sex 6/11/2009 02:42:16
Cidade: SALVADOR
E-mail: arthurdpn@bol.com.br
Quando saí de Montes Claros...
Quando saí de Montes Claros para trabalhar fora do estado de Minas, tinha 22 anos, na noite, véspera de minha saída, que se deu pela manhã por volta das dez horas, meu pai (Ruy Pinto) passou a noite em claro, andando pelo pequeno corredor da casa, era o 2º filho a sair de casa para lutar pela vida, creio que meu pai vivia naquele momento a certeza de que mais um filho ganhava o mundo e não retornaria jamais. Nunca me esqueço do olhar de minha mãe, acompanhada de minha avó paterna, acenando para mim enquanto eu entrava para o interior do ônibus, ansioso e cheio de incertezas, porém com a vida e o mundo pela frente, eram sentimentos intensos, rápidos e contraditórios, havia um desejo e uma felicidade enormes ao mesmo tempo em que era tomado por um medo abissal. O olhar de mãe se perdia naquele adeus, que me contornava como os montes claros que até então circundavam minha vida.
Deixava uma cidade, parecida comigo, pequena no gesto de viver e grandiosa na ambição de se desenvolver, naquela época, reportávamos às pessoas referenciadas pelos seus sobrenomes, era assim que chamávamos D. Maria Nobre, de D. Maria de Juarez (Juarez Nobre), D. Maria Macêdo, de Maria de Sidney (Dr. Sidney Chaves), D. Zélia de seu Raul (Raul Pereira), D. Noeme de seu Pedro, D. Tunica de Toni (Antônio Pereira), D.Zelita de seu Nonô (Nonô Pereira), D. Joana de seu Merilo, D. Nenzinha de seu Joaquim... e por aí ia.
... Ainda ecoavam em meus ouvidos a batida dos catopês, que se misturavam com o ruído permanente e estável do motor do ônibus, confundindo minha audição , contudo, jamais a memória, por uma estrada longa que parecia não terminar nunca, como, de alguma forma imaginamos nossa trajetória de vida.
Vivi esses anos com ânsia e intensidade, e sem que me percebesse me transformei tanto...Montes Claros se transformou tanto, conquistou seu diploma urbano: inchou, diversificou, o espaço geográfico expandiu-se, a economia também diversificou e aqueceu, seduziu novos moradores, acolheu forasteiros, ampliou sua rede de serviços , e com isso vieram as mazelas típicas de um grande centro. Hoje, quando acesso o Montes Claros.com, e leio as mensagens dos conterrâneos, entendo que em cada uma tem um grito, uma luta contra a perda do sentimento de pertencimento da cidade, dos seus cantos, lugares, dos conhecidos, da rotina de uma acalorada cidade contida pela circunferência montanhosa, que fez do povo a generosidade dos seus limites.
Há de se pensar que Montes claros transbordou, se derramou pelas montanhas afora... Hoje passeio pelas ruas de Montes Claros nas memórias de seus tradutores, como Raquel Chaves, encontrando com tanta gente que nem existe mais por essas terras quentes... E o olhar de minha mãe para sempre se misturou àquele adeus, naquela manhã...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51820
De: Carlos Eduardo Martins Data: Sex 6/11/2009 01:58:07
Cidade: Montes claros  País: MG
Não há mistério em relação a enchente causada no rio Vieira, já é sabido que ocorreu uma tromba d’ água na região do São Geraldo 2 onde tem cabeceiras de pequenos rios afluentes do Vieira . E só perguntar quem tem sítio ou mora na região sobre a chuva torrencial que caiu naquela tarde/noite de domingo.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51811
De: Rennê Barbosa Data: Qui 5/11/2009 16:55:47
Cidade: São Francisco - MG
Enquanto o mundo clama por água, nós aqui em São Francisco temos mêdo de chuva.Os prefeitos aqui nunca se preocuparam com infraestrutura na cidade e quando vêm as chuvas não encontram galerias pluviais para escoamento e drenagem da água que acaba virando lama e durrubando muros, invadindo casas e causando prejuízos. Há 04 dias choveu copiosamente em São Francisco e acabou com parte da cidade e a lama está espalhada por 80% das ruas, mas ontem a prefeitura já deu festa no centro da ciade e hoje tem mais.(...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51809
De: Raquel Data: Qui 5/11/2009 15:15:31
Cidade: Montes Claros
Reynaldo Velloso Souto lança amanhã em Brasilia -DF os seus livros:Montes Claros histórias do Rey e Montes Claros histórias do Rey - Edição do sesquecentenário. Às 20 horas, no Restaurante Carpe Diem.Todos lá !
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51808
De: Soares Data: Qui 5/11/2009 14:51:34
Cidade: M Claros
Marcada para amanhã, às 9 horas, a inauguração de mais uma loja da Drogaria Minas-Brasil. Fica no supermercado Villefort. O número de unidades já ultrapassa de uma dúzia. Não demora, e a população do entorno do Max-Min Clube espera receber também sua farmácia, anexa ao clube que a Minas-Brasil constrói ali.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51807
De: Fernando Data: Qui 5/11/2009 14:46:25
Cidade: Montes Claros
Houve atraso no cronograma para inauguração da rede norte-americana Walmart, em Montes Claros. Inicialmente programado para o início deste mês, o funcionamento foi remarcado para o dia 15 de novembro. O pessoal em treinamento trabalha com esta data. Concorrente da holandeza Makro, instalada na avenida Magalhães Pinto, bairro Planalto, a rede norte-americana modificou toda a estrutura do prédio onde durante anos funcionou a fábrica de óculos Sion, fundada e comandada pelos saudosos irmãos Décio e José Corrêa Machado. Basicamente ficaram os paredões, pois tudo o mais foi alterado. Parece que não está resolvida a questão de acesso. Vai ser o calcanhar de aquiles, pois ali existe uma rotatória na avenida deputado Plínio Ribeiro que será muito exigida. Agora, a cidade espera a chegada da francesa Carrefour. As três empresas - Makro, Carrefour e Walmar - praticamente disputam em todas as praças. Basta que uma chegue para que as outras se instalem. As duas primeiras estão aí.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51805
De: Eliane Freitas Data: Qui 5/11/2009 14:18:35
Cidade: Montes Claros
Até agora as causas da enchente que assustou moradores da cidade não foram bem explicadas. Aqui no bairro Morada do Sol, a hipótese de ser apenas chuva não é bem aceita.Quem vivenciou o dramacomo eu, sabe que foi algo mais forte. Por isso provid~encias precisam ser tomadas, para que o occoriddio nãovolte a acontecer.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51799
De: Aluízio Data: Qui 5/11/2009 12:29:42
Cidade: Montes Claros
Mais mistério sobre as causas da enchente na madrugada de Finados em M. Claros: o serviço de medição dee chuva da Unimontes detectou, naquele dia, apenas 7 milímetros. Esta quantidade não causa enchente em lugar nenhum. Afinal, de onde veio aquela grande inundação? Esta é a questão vital para encaminhar qualquer diagnóstico. O mistério só faz crescer. (Outras medições tomadas na cidade também não indicam uma chuva anormal, naquela tarde/noite/madrugada de Finados)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51794
De: José Ponciano Neto Data: Qui 5/11/2009 08:34:05
Cidade: Montes claros -MG  País: Brasil
O Rio Verde Grande também mostrou sua fúria, na enchente que ocorreu no feriadão levou árvores, pedras, animais suínos, bovinos e bombas de irrigações e etc. mais.Depois da tempestade, não veio a bonança, ficou um verdadeiro cenário de guerra e a recuperação dos estragos não vai ser fácil.É a natureza agindo da mesma forma que é tratada.

Foto: José Ponciano Neto
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51788
De: denise Data: Qui 5/11/2009 01:51:42
Cidade: belo horizonte
E-mail: rienaldoaneri@hotmail.com
Titulo da notícia: Acidentes no feriadão mataram 20 pessoas nas estradas de Minas; o mais grave foi na BR 040
foi terrivel este acidente pois a familia de uma das vitimas que conheço estão arrazados,que possamos lembrar de orar pelas familias pois essa dor que esta no coração deles e muito forte,sinara era um exemplo de filha,esposa e mãe,amiga e mulher de Deus,por favor lembre-se de orar para Deus dar forças a essa familia, meus sinceros sentimentos a sr valdir e familia aos outros que tambem sofre hoje essa grande perda...dos seus entis amados queridos,que Deus lhe de muita força em nome de jesus
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51771
De: Wanderlino Arruda Data: Qua 4/11/2009 13:04:26
Cidade: Montes Claros/MG
E-mail: arrud@wanderlino.com.br
ENCANTADORA A POESIA DE EVANY

Wanderlino Arruda

Somente a sabedoria nos coloca em situação de ver além das aparências, seja esta dos fatos, seja esta dos sonhos. Só a sabedoria remete-nos direto ao significado verdadeiro de cada acontecimento, de cada nesga ou lance de vida. Somente a sabedoria nos faz ver uma legítima dimensão poética e a função quase divina de quem pensa e de quem faz o verso e o ritmo do verso, melhor dizendo, de quem é e de quem se sente poeta. Digo mais: só a minha experiência - não muito nova no campo do saber literário - me remete à interpretação do muito bonito e encantador texto de Evany Cavalcante Brito Calábria, ao mesmo tempo história e marca de família, ao mesmo tempo estórias e causos mineiros, entreouvidos e sentidos com a marca existencial da menina, sempre linda e criativa. Leitor atento de todos os poemas deste INFÂNCIA VERDE, confesso que faço minha a conhecida posição de Ferreira Gullar em relação ao fazer poético e a esse universo que não conseguimos aprender no todo, porque nascido conosco no modo até mais do que pessoal. Somos seres do grafar e do laborar palavras e sentimentos. Temos o talento e a inspiração que chegam como relâmpagos e por caminhos de sonhos, tudo dividido ou multiplicado, tempo-espaço do ser, do viver e do conviver. Só ao poeta a necessidade de espanto com as coisas e com os acontecimentos, flor e fruto da motivação que leva ao poema e à poesia, algo muito mais do céu do que da terra. Em poesia o saber, o saber fazer e o querer fazer não são suficientes, porque de nada adianta a técnica quando não há inspiração e/ou marcas de sentimentos. Mesmo para seres privilegiados por Deus para entregar ao mundo a ordenação lógica das palavras, só uma vivência encantada nos permite construir - versos depois de versos - textos com cadência e musicalidade, haja ou não rimas de dentro ou de fora. Para o poeta a epopéia ou o lirismo, querendo ou não querendo um modo diferente de lidar com idéias, um superar limites racionais, quase sempre sem o controle da razão. Sinto-me feliz e prazeroso com os muitos textos de Evany, bonitos e elegantes do começo ao fim, tudo gramaticalmente limpo e perfeito, resgate da infância que o tempo não desviou em momento algum, sempre vida bem vivida em saudades do passado e em vôos de esperança e de futuro. Na idéia de D. Olga, mãe e conselheira, em Evany a poesia é um eterno querer bem, um dizer sim para todas as belezas do corpo e do espírito. Por mais que essa poesia se esquive de suas mãos, Evany fugir ou fingir não pode, porque ela inteirinha é um colorido momento de saudades, sempre e sempre uma pura alegria, cenário de sonhos, princesa e rainha vestida e revestida de amor. Sobre isso, a própria Evany faz relembranças: "Eu tinha doze anos e uma vida inteira". Tinha e tem, digo eu, prefaciador do seu primeiro livro. Não somente de imagens e de idéias, não somente arco-íris de beleza, Evany é mulher decidida e incrivelmente organizada, sempre afeita ao trabalho de cada dia. A ela, por isso, posso atribuir em parte e com pequenas modificações, os versos de Camões que dizem não aprender somente na fantasia, sonhando, imaginando ou estudando, senão vendo, tratando e pelejando. Afinal, o mundo vitorioso está nas mãos das pessoas que têm coragem de sonhar e laborar, pessoas capazes de correr risco para viver todos os seus sonhos. Feliz de quem atravessa a vida tendo mil razões para viver. Um charmoso jogo de amor! Desejo a Evany todo o sucesso do mundo, certo de que a sua lavra poética está entre as dez mais bem aquinhoadas de nossa Montes Claros. Conscientemente hábil nos raciocínios e nos sonhos, Evany pode dizer como disse o poeta Manuel Bandeira: "Não faço poesia quando quero e sim quando ela, poesia, quer." E como Cora Coralina: "Nunca escreverei uma palavra para lamentar a vida. Meu verso é água corrente, é tronco, é fronde, é folha, é semente, é vida". Evany - ser especial - é água, fogo, brisa e vento... Telúrica ainda menina, telúrica moça, telúrica mulher. É espaço, terra e tempo... É uma trajetória do pensar e do viver com alegria, vereda fértil de amor e de carinho, uma imensa vontade de caminhar... ir e vir ao mesmo tempo. Este INFÂNCIA VERDE, publicado em nosso Consórcio Literário da Secretaria de Cultura, não é apenas o seu primeiro livro, é pedra angular de muitos outros. O segundo e o terceiro já estão pertinho da editora... Academia Montesclarense de Letras
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51769
De: Globo Online Data: Dom 01/11/2009
Cidade: Rio de Janeiro
Durou mais de 15 horas o julgamento de 22 policiais militares pela Justiça Militar, nessa terça-feira, em Belo Horizonte. Eles foram julgados por suspeita de envolvimento com a chamada máfia do carvão e receberam penas que variam de dois anos e seis meses a nove anos de prisão. O grupo de acusados era inicialmente de 25 PMs. Um deles morreu. Cinco policiais foram absolvidos. Os advogados de dois não compareceram e por isso eles não foram julgados nesta terça-feira. De acordo com denúncia do Ministério Público Estadual, o grupo teria recebido propina, durante dois anos, para facilitar a liberação de caminhões carregados de carvão vegetal irregular no posto de fiscalização de Montes Claros, no norte de Minas.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51768
De: Estado de Minas Data: Qua 4/11/2009 12:45:25
Cidade: Belo Horiozonte
Dos 25 oficiais da Polícia Militar Rodoviária que estavam envolvidos na Máfia do Carvão, denunciada em 1999, apenas 22 compareceram ao julgamento nessa terça-feira, na 1ª Auditoria da Justiça Militar de Minas Gerais. Dentre os três militares que não compareceram, um morreu e os outros dois não foram nem enviaram seus advogados. Estes policiais não foram julgados. Dos 22 militares presentes, a Justiça Militar condenou 17 e absolveu cinco. A sentença foi dada na madrugada desta quarta-feira. Segundo a denúncia, os policiais integravam uma quadrilha que atuava em um posto rodoviário em Montes Claros, no Norte de Minas. Eles cobravam propina de caminhoneiros que transportavam carvão na região e, em troca, não apresentavam documentação da carga, o que facilitava a sonegação de impostos. O esquema permitia que os caminhoneiros lucrassem mais com a venda de carvão para usinas siderúrgicas. Com informações de Karina Novy/TV Alterosa e Priscila Robini/Portal Uai
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51759
De: André Data: Qua 4/11/2009 09:48:51
Cidade: M. Claros
A chuva (em M. Claros) praticamente desapareceu da previsão da meteorologia até o próximo domingo. Talvez 1 milímetro hoje. Em compensação, vem aí tempo quente - de até 36 graus.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51744
De: Deusdeth Data: Ter 3/11/2009 22:19:43
Cidade: M.Claros
E a Copasa, não tem nada a comentar sobre a enchente do Vieira? As canalizações na parte sul da cidade são feitas com verbas repassadas pela Copasa. Ela examinou os projetos? Examinou a qualidade das obras? Avaliou as consequências? A Copasa precisa dizer alguma coisa. A Copasa aplica dinheiro público, que deve trazer benefícios para a população. E não inundação. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51742
De: Magela Data: Ter 3/11/2009 21:43:42
Cidade: Montes Claros
O prefeito decretou emergência em M. Claros. Muito bem. Mais do que dispensar licitações para obras emergenciais, é preciso definir - e fazer - o que for necessário para afastar imediatamente o risco de novas enchentes no terço inicial do rio Vieira, entre a Praça do Jatobá e a entrada do bairro Ibituruna, e entre a Praça dos Jatobás e a avenida Cula Mangabeira, no trecho da destroçada avenida Vicente Guimarães (aquela que acabou antes que o município completasse o pagamento do financiamento de suas obras...). Estes trechos, está visto,não suportam a quantidade de água que passou a ser lançada ali. Fizeram canalizações a montante e não avaliaram se a calha suporta toda água coletada. Esta visto - e foi avisado com antecedência, aqui mesmo, uma semana antes - que qualquer chuva mais intensa provocaria enchente. Provocou. Se providências urgentes não forem tomadas, haverá novas enchentes. E isto não é exercício de profecia. É que os erros cometidos são gritantes. É preciso corrigi-los, com urgência, e apurar responsabilidades. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51736
De: Eliane braga Data: Ter 3/11/2009 18:54:34
Cidade: Moc- mg
Buracolândia Pagamos o pato, as rodas, os pneus e as operações tapa- buracos que vão por água abaixo todos os anos também. Até quando?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51734
De: artur Data: Ter 3/11/2009 18:50:00
Cidade: montes claros
Onde quer que Toninho Rebello esteja agradeço o carinho com o qual tratou Montes Claros-MG.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51733
De: Rubens Pereira Data: Ter 3/11/2009 18:41:49
Cidade: Montes Claros
Segundo a Prefeitura de Montes Claros, em nota oficial, "Diante do ocorrido ontem o técnico Alexandre Picarlli Oliveira e o engenheiro Antônio Gontijo, especialista em drenagem, já estão se deslocando para Montes Claros para coordenar ações que evitem novas inundações. Segundo Alexandre Oliveira os problemas registrados em Moc ocorreram em consequência de uma sobrecarga na bacia do rio Vieiras, que não suportou o grande fluxo de água ocasionado pelo excesso de chuva.
Ele explica que a bacia do Vieiras acumula a água de uma extensa região, que vai desde a serra de Pirapora. Com o lençol freático carregado em decorrência da sequência das chuvas, a impermeabilização do terreno aumenta o fluxo da água. A solução deste problema passa pelo alargamento do canal no ponto onde ele recebe a maior parte da água decorrente da chuva, o que já está previsto no projeto entregue ao ministério das cidades."
Não entendi bem o que os "especialisras" pretendem fazem. Alargar o Vieira como? No Parque Guimaães Rosa, criando um novo canal? Demolir a obra do canal no encontro do Vargem Grande com o Vieira, onde sucedeu o estrangulamento? Demolir 1,5 de canal e refazer a sua seção?Parece que os técnicos não conhecem o problema. Pelo o que entendi, eles estão misturando os assuntos. Eles devem estar falando da Vicente Guimarães (Vargem Grande). Na minha modesta opinião, estão equivocado. Parece que trabalham na lógica antiga (encaixotar rios). A solução está na melhoria da capacidade da bacia de retenção de água, como disse um muralista abaixo. Alguém disse no próprio Montesclaros.com que os técnicos ambientais já tinha aconselhado a ão realizar interveções desse tipo, em 1999. Será que vão continuar a insistir nesse tese?
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51726
De: Santos Data: Ter 3/11/2009 15:50:06
Cidade: M Claros
Pasmem todos. O trecho da chamada avenida Sanitária, construído pelo prefeito Toninho Rebello, suportou com galhardia todo o volume de água que veio dos canais anteriores. O trecho construído por Toninho vai do começo da avenida José Correia Machado até o conjunto Castanheiras. Ali não houve enchente. A enchente ocorreu no trecho inicial, que por ser inicial recebeu menor quantidade de água. Por esta observação, pode-se examinar a qualidade das obras. A comandada por Toninho Rebello acaba de completar 30 anos. O trecho que transbordou tem cerca de um terço desta idade. (...)
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51717
De: Adalberto Prates Data: Ter 3/11/2009 12:50:12
Cidade: Montes Claros
Caros muralistas, com estas inundações, podemos comparar a qualidade dos serviços feitos na Avenida José Correa Machado, com a Avenida Deputado Esteves Rodrigues. Na José Correa Machado, boa parte das pedras que servem para segurar o leito do rio, foram arrancadas, já na Deputado Esteves Rodrigues, todãs estão onde sempre estiveram. A "Sanitária" já passou por várias enchentes, porém, sua estrutura segura firme! Já a "Avenida Nova", não é tão firme assim...
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51716
De: Nestor Abreu Data: Ter 3/11/2009 12:33:21
Cidade: Montes Claros
Considerando que a maior parte das várzeas dos rios Vieira, Bicano e Vargem GBrande já forma loteadas, e as mesmas estão urbanizadas, com a construção de casas (algumas delas irregular, como no Parque Guimarães Rosa, que por sinal, continuam a sererm construídas - tem 7 barracões sendo levantados hoje, é só a fiscalização da prefeitura ir lá agora)sem a preocupação ambiental, acredito que a solução para a amenizar as próximas enchente é a construção de bacias de amortecimento desses rios na área fora do perímetro urbano dessas bacias. Uma delas é a famosa barragem do carrapato, que poderia atenuar a força do rio vieira, além de beneficiar a cidade no período de estiagem, com a chamada vazão ecológica.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51715
De: Eva Data: Ter 3/11/2009 12:31:41
Cidade: Montes Claros
É com profundo pesar que informamos o falecimento de Lea Santana Borges, Oficiala do 2º Registro de Imóveis de Montes Claros, esposa do Advogado e Professor Danilo Borges. O corpo está sendo velado em Belo Horizonte e ainda não se sabe onde será o sepultamento.Ao Dr. Danilo e filhos, nossos sentimentos e profundas lamentações. Que Deus a tenha!
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51714
De: Luiz de Paula Data: Ter 3/11/2009 12:30:35
Cidade: Montes Claros
CHUVA

Luiz de Paula

Começava com a cantiga da rãzinha rapa-cuia, no mormaço. Dia após dia. Depois o tempo escurecia e os trovões rolavam de um lado ao outro do céu. Era a chuva que estava chegando. Os urubus, em bandos, em vôo baixo, seguidos de um ou outro retardatário, procuravam o abrigo das árvores copadas. As andorinhas, quais pequenas procelárias, enxameavam, tontas, no ar, à aproximação das primeiras bátegas que levantavam poeira na secura do chão.
A chegada da chuva era uma festa.
Hoje, quando a cena se repete e a chuva chega, escurecendo o céu, tenho saudades daquele tempo em que eu sabia aproveitar uma chuva, misturar-me com ela, ser parte dela.
Calça arregaçada, peito nu, revejo-me a catar granizos no chão molhado ou recolhendo filhotes de passarinhos derrubados dos ninhos pela ventania . Ou a opor barragens de terra às enxurradas e a fazer “olho de boi” no chão, com o calcanhar e o dedão do pé, quando a chuva começava a passar da conta. Sempre a saltar, aqui e acolá, até entrar no raio de ação da voz materna a chamar-me:
- Venha pra casa, menino! Venha enxugar a cabeça! Vestir uma camisa! Você vai apanhar uma pneumonia!
Coitadinha da pneumonia. Nunca achou entrada em um corpo curado pelo sol e acostumado a mergulhar nas águas dos rios e dos riachos.
Hoje, vivendo na cidade, devo preocupar-me com qualquer aragenzinha mais fresca que me pegue desabrigado.
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Mensagem N° 51713
De: Antônio Eustáquio Freitas Tolentino Data: Ter 3/11/2009 12:21:28
Cidade: Montes Claros (MG)

O tristemente aprisionado Rio Vieira resolveu se rebelar e jogar os seus tentáculos para fora do seu leito, inundando várias ruas, avenidas, praças, casas e até uma igreja. A Igreja da Rosa Mística, assim como a praça e várias casas próximas, foi totalmente invadida pelas águas da enchente, que deixou muita lama por onde passou. Os estragos causados pela revolta do rio podem ser vistos em algumas fotos enviadas à redação do montesclaros.com nesta data.

Caros editores, envio algumas fotos que mostram os estragos
causados pela enchente do Rio Vieira, ontem, na Praça e na
Igreja da Rosa Mística.
Um abraço.
Antônio Eustáquio Freitas Tolentino
Receba Notícias por E-mail Imprimir Envie esta notícia a um amigo Aprimore esta informação, complete-aAprimore esta informação, complete-a Link:

Página Anterior >>>

Abra aqui as mensagens anteriores:


Voltar à Página Inicial

 






Um olhar de Montes Claros sobre o que é notícia em toda parte
Uma janela para Montes Claros


Últimas Notícias

20/10/14 - 18h
Galo deve pedir dispensa de Tardelli da seleção por causa dos jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil

20/10/14 - 17h07
Bem mais magro, padre Marcelo confirma que teve depressão: "Fiquei muito mal"

20/10/14 - 16h
Dirigente reafirma confiança no Cruzeiro e convoca torcida para jogo contra o Palmeiras

20/10/14 - 15h
Instituto Federal abre seleção para preencher 296 vagas remanescentes em cursos superiores do Campus Januária

20/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “De olho nas chuvas, Defesa Civil busca apoio da população” - “Maioria sofre falta d´água em São Paulo e já planeja estocar”

20/10/14 - 13h
Secretaria da Saúde confirma segundo caso de doença “prima da dengue” em Minas

20/10/14 - 12h
Padre Marcelo comenta investigação que sofreu do Vaticano: “se houve fiscalização, houve também o reconhecimento”

20/10/14 - 11h
A 9 pontos do líder Cruzeiro, Atlético acredita e prega humildade para chegar ao título do Brasileirão

20/10/14 - 10h10
M. Claros teve temperatura de 39 graus, às 18h de ontem. Pela previsão, há 60% de chances de chover 5 milímetros ainda hoje, 16mm amanhã, 13mm quarta e 2, quinta. Calor vai seguir e há risco de tempestades

20/10/14 - 9h
Violência faz o Brasil superar o México, na maior frota de carros blindados do mundo

20/10/14 - 8h
Cometa passou por Marte viajando a 203 mil quilômetros por hora

20/10/14 - 7h
Indústria e comércio devem contratar 163,6 mil trabalhadores temporários, no fim de ano


19/10/14 - 15h41
Homem é executado na porta de casa, na presença da mulher, por assaltante de chinelos e capacete. Jornal de BH descreve


18/10/14 - 18h
Atlético recebe, hoje às 21h, a Chapecoense. Cruzeiro busca, amanhã às 18h30, a reabilitação contra o Vitória. (A 98 FM vai transmitir os jogos)

18/10/14 - 17h
Cometa (sólido como um monte de talco) passará perto de Marte, amanhã - fenômeno que acontece a cada milhão de anos

18/10/14 - 16h
Brasileirão entra na 29ª rodada, hoje, com 4 jogos; amanhã, serão 6

18/10/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Idosos cada vez mais endividados” - “13º dos aposentados começa a ser pago em 24 de novembro” - “São Paulo tem calor recorde, e Sabesp prevê falta de água”

18/10/14 - 14h30
2ª parcela do 13º dos aposentados começará a ser paga dia 24 de novembro

18/10/14 - 14h
Semifinais da Copa do Brasil revivem rivalidades do passado

18/10/14 - 13h14
Prêmio de 40 milhões da Mega-Sena, que será sorteado hoje, dá para comprar 57 limousines ou 13 helicópteros

18/10/14 - 12h24
"Seu corpo teria sido trasladado a Edessa, antiga cidade da Mesopotâmia, hoje denominada Orfa, onde São João Crisóstomo indicou seu túmulo, assim como quatro outras sepulturas apostólicas"

18/10/14 - 12h
Chuva de 9mm some da previsão para M. Claros (depois, volta com 6). Calor deve seguir na semana que vem

18/10/14 - 11h
Não se esqueça - horário de verão começará neste sábado, à meia-noite - e até o dia 22 de fevereiro

18/10/14 - 10h
OMS reconhece muitas falhas no combate ao ebola, e até por burocracia

18/10/14 - 9h
Montadoras adiam retorno ao trabalho para adequar produção à redução nas vendas

18/10/14 - 8h
Impasse pode deixar 100 milhões de pessoas sem serviço de celular no país

18/10/14 - 7h
Supremo proíbe juízes de elevar salário de servidor público


17/10/14 - 18h
Jogadores de Serra Leoa sofrem preconceito por causa do ebola

17/10/14 - 17h16
Fim de semana terá uma hora a menos com a entrada em vigor do horário de verão, à meia-noite de sábado

17/10/14 - 16h
Ebola já matou 4.493 pessoas em 7 países; dos 427 profissionais de saúde contaminados, 236 morreram

17/10/14 - 15h
Apostador perde bilhete da Mega-sena e recorre ao Judiciário para provar que ganhou 16 milhões de reais

17/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Troca de aposentadoria será julgada até o fim deste mês” – ”Aécio reage a ataques e Dilma passa mal no fim”

17/10/14 - 13h
Meteorologia transfere para 2ª-feira o auge do calor esperado em Montes Claros, com temperatura de 39 graus

17/10/14 - 12h
Instituto Nacional do Câncer revela que, de cada 300 pacientes com câncer de mama, um é homem. Veja quais são os sintomas

17/10/14 - 11h
Jornal paulista diz que General Motors pretende demitir até 500 trabalhadores

17/10/14 - 10h
Vaticano altera tradução de documento e reduz abertura da Igreja aos homossexuais

17/10/14 - 9h14
"(...) encontrei um rapaz (...) que diz ser de Montes Claros e que quer voltar e ficar com a família, ele é andarilho e está dormindo debaixo da ponte, apenas em cima de um papelão sujo, etc..."

17/10/14 - 9h
Filho do vice-presidente dos EUA, expulso da Marinha por uso de cocaína, diz estar “profundamente arrependido e envergonhado”

17/10/14 - 8h
Tribunal reduz pena de médico que estuprava pacientes de 278 anos para 181, mas ele só ficará preso 30

17/10/14 - 7h
Pontos críticos das estradas mineiras mais que dobram em um ano, aponta pesquisa da CNT


16/10/14 - 18h
Companhias liberam uso de celular dentro de aviões. Medida começa pelo Equador

16/10/14 - 17h
Após 3 derrotas seguidas, Willian pede atenção nos próximos jogos do Cruzeiro

16/10/14 - 16h
Acusada de matar 38 pacientes, enfermeira pode ter vindo ao Brasil. (Há fotos dela com camisas do Flamengo e da seleção)

16/10/14 - 15h
Manchetes dos jornais: “Água em São Paulo pode acabar em novembro, admite Sabesp” - “Onda de incêndios causa primeiras mortes em Minas” - “Petróleo em queda ameaça investimentos da Petrobras”

16/10/14 - 14h
Economia brasileira desacelera e avança somente 0,04% no ano - segundo índice do Banco Central

16/10/14 - 13h47
Prefeitura: "A receita operacional da Copasa é em torno de R$ 100 milhões ano. Deste montante, R$ 25 milhões são destinados às despesas com funcionários e manutenção da estrutura e prestação de serviços. R$ 30 milhões são destinados ao custeio da diretoria da empresa em Belo Horizonte e há uma sobra de R$ 45 milhões"

16/10/14 - 13h
Unidade de Saúde no Paraná é interditada após árabe, vindo de Serra Leoa, apresentar sintomas de ebola. Secretaria nega

16/10/14 - 12h
Michael Jackson é a celebridade morta que mais lucra no mundo

16/10/14 - 11h
Meteorologistas dizem que auge da bolha de calor vai ser na tarde deste domingo. Alguma chuva deve chegar no dia 21, terça-feira

16/10/14 - 10h
Brasil já tem 337 casos da febre chikungunya, doença mais dolorosa do que a dengue

16/10/14 - 9h32
"...gozava de alto conceito na corte, não fez curso superior, era destemido, teve 78 filhos, a maior parte deles com escravas. Era homem bondoso, constando que não castigava os escravos. Pediu até que fosse sepultado no mesmo cemitério deles"

16/10/14 - 9h
Geração de emprego formal tem o pior mês de setembro em 13 anos, pelos números oficiais

16/10/14 - 8h
Menino de 6 anos leva tiro no rosto, no Beco do Beija-Flor. Menores testavam armas

16/10/14 - 7h
Atlético festeja goleada histórica sobre Corinthians e classificação para semifinal da Copa do Brasil


15/10/14 - 19h25
"Segue anexo posicionamento oficial da Copasa com relação à prestação de serviços em Montes Claros. (...) Tal situação leva a crer que o município tem a intenção de retomar a concessão da Copasa de forma truculenta, arbitrária e unilateral"

15/10/14 - 18h
Cruzeiro jogará com mudanças, hoje, contra o ABC pela Copa do Brasil

15/10/14 - 17h
Mega-Sena pode pagar prêmio de 18,5 milhões hoje à noite

15/10/14 - 16h
Cientistas descobrem que câncer de pulmão pode se esconder por 20 anos

15/10/14 - 15h02
Atlético aposta em histórico de viradas para eliminar o Corinthians na Copa do Brasil

15/10/14 - 14h41
Agora em M. Claros - calor de 37 graus, horizonte enfumaçado e umidade do ar entrando novamente no estado de emergência climática - 12%

15/10/14 - 14h
Manchetes dos jornais: “Queda do petróleo põe fim à defasagem da gasolina” - “Consumo dos idosos movimenta economia” - “Falta de água atinge até os caminhões-pipa”

15/10/14 - 13h
Substância presente na maconha é eficaz contra o Parkinson, indica estudo

15/10/14 - 12h
Forte calor em M. Claros até terça-feira, quando a meteorologia acredita que pode começar a chover

15/10/14 - 11h
Com início à meia-noite do próximo sábado, horário de verão terá uma semana a mais e menor economia de energia

15/10/14 - 10h
Organização Mundial de Saúde alerta que 10 mil novos casos de ebola podem surgir por semana

15/10/14 - 9h
Relatório mostra que riqueza global avança para 263 trilhões de dólares e desigualdade aumenta

15/10/14 - 8h
Preço internacional do petróleo cai para o menor patamar em 4 anos. Reajuste talvez não seja mais necessário – aponta jornal paulista

15/10/14 - 7h
EUA têm o 2º caso de ebola transmitido dentro do país. Enfermeiro também foi infectado ao tratar do liberiano que morreu


14/10/14 - 18h
Cruzeiro volta suas atenções para a Copa do Brasil

14/10/14 - 17h02
Em 10 anos, 12,8 milhões de passageiros trocaram ônibus por avião no Brasil – revela a Anac

14/10/14 - 15h59
"Às 15h, o céu de M. Claros, como agora, não tinha uma única nuvem. A temperatura atingiu 36 graus e a umidade do ar, nos 11%, entrou na faixa de emergência, quando muitas medidas são recomendadas - entre elas a interrupção de qualquer atividade ao ar livre (...) e a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas, etc..."

14/10/14 - 16h
Em decisão inédita, Justiça Federal dá licença de 180 dias a pai solteiro

14/10/14 - 15h01
Manchetes dos jornais: “Ministério Público e magistrados apoiam juiz do caso Petrobras” - “Força-tarefa em Minas contra novo vírus” - “Vaticano defende maior aceitação de homossexuais”

14/10/14 - 14h
Nasa diz que setembro foi o mês mais quente da história

14/10/14 - 13h
Meteorologia segue não vendo chuva em M. Claros antes do dia 20

14/10/14 - 12h
Nível dos reservatórios deve fechar outubro em 19%. Índice é menor do que o de 2001, época de racionamento

14/10/14 - 11h08
USP e os tremores de terra em M. Claros: "...culminou na detecção de uma falha cega de movimentação inversa ligada á origem dos tremores. Devido a escassa sismicidade no Brasil, esta sequência e outras previamente estudadas são importantes para..."

14/10/14 - 11h
Cantor Milton Nascimento é internado em São Paulo e passa por cateterismo

14/10/14 - 10h
Brasil goleia o Japão com 4 gols de Neymar, que agora é o 5º maior artilheiro da seleção

14/10/14 - 9h
Terremoto de 7,4 graus mata um e gera alerta de tsunami em El Salvador e na Nicarágua



OUÇA E VEJA A 98 FM
Todos direitos pertecentes a Rádio Montes Claros 98,9 FM. O material desta página
não pode ser publicado, transmitido por broadcasting, reescrito ou distribuído
sem prévia autorização